Jornalista se emociona ao vivo em entrevista com o pai sobrevivente de desabamento em Miami Beach

Joana Treptow estava comandando um telejornal na Band quando teve que segurar as lágrimas ao conversar sobre o acidente com o pai ao vivo

Resumo da Notícia

  • O pai de Joana Treptow é um dos sobrevivente do desabamento de um prédio em Miami Beach
  • A apresentadora do telejornal da Band se emocionou na entrevista ao vivo com Bruno Treptow
  • Bruno morava há 20 anos no mesmo prédio - e conta que os sete apartamentos na frente do dele foram ao chão
  • Ele, a esposa e o cachorro da família saíram intactos da tragédia
  • A jornalista ainda comemorou o milagre nas redes sociais, e lamentou o número de desaparecidos

Joana Treptow se emocionou ao entrevistar ao vivo o pai, Bruno Treptow, que é um dos sobreviventes do desabamento de um prédio de 12 andares em Miami Beach, na Flórida. O homem contou durante telejornal apresentado pela filha na Band que acredita ter vivido um verdadeiro milagre.

-Publicidade-

“Filha, foi uma coisa surreal, não sei nem como te explicar”, declarou durante a conversa. “Ainda tenho emoções muito fortes, e parece que estou em uma montanha russa – tem horas que estou bem, tem horas que não estou…”. Bruno conta ainda que estava dormindo ao lado da esposa no momento da tragédia, “Ouvi um estrondo e pensei que era o teto. Acordei minha mulher e falei: ‘Vamos morrer aqui, acabou'”. Após o desabamento, o casal tentou entender o que tinha acontecido – e percebeu que os sete apartamentos na frente do que estavam tinham ido ao chão.

“Fiquei perdido, não sabia o que fazer”, desabafou. “Abri a janela, tinha uma névoa de poeira, não consegui ver nada. Abri a porta da frente depois que a poeira baixou um pouco, e reparei que, dois passos depois da minha porta, o prédio havia parado de existir”. Bruno morava há 20 anos na metade do edifício que não foi afetada pelo desabamento.

Joana entrevistou o pai em telejornal da Band (Foto: Reprodução/ Band)

Por fim, o sobrevivente ainda completa o relato com gratidão. “Acho que vivemos um verdadeiro milagre”, completa. Sobre o ocorrido, Joana não deixou de se emocionar diante das câmeras – e, com os olhos marejados, fez um apelo ao pai: “Obrigada por vir aqui conversar com a gente. Queria que você soubesse que é o meu herói, tá? Estou muito feliz por você estar aqui conversando com a gente nesse dia”, completou. Confira!

Relembre o ocorrido

Um prédio de 12 andares veio misteriosamente ao chão na madrugada desta quinta-feira, 24 de junho. As autoridades já contam mais de 50 desaparecidos e 2 mortes. As buscas seguem procurando mais vítimas do desabamento – que aconteceu em Miami Beach, nos Estados Unidos.

O edifício ficava localizado em Surfside, de frente para o mar – em uma região muito comum por forte presença de comércio, restaurantes e turistas de várias partes do mundo. Miami Beach é uma cidade-ilha que é ligada à Miami continental por uma ponte. 37 pessoas já foram resgatadas no local – 35 delas na parte do prédio que permaneceu de pé. Joana Treptow comemorou a segurança do pai no Twitter, e também lamentou as famílias que não tiveram a mesma sorte.

A jornalista desabafou no Twitter (Foto: Reprodução/ Twitter)

“Obrigada pelas mensagens”, agradeceu, “51 desaparecidos. Difícil falar de milagre com a possibilidade de tantas mortes. Meu pai e a esposa estão bem. Só queria estar perto. Os vizinhos, as pessoas que conheciam há tanto tempo. As crianças vizinhas de porta que eles viram crescer. Meu Deus”, encerrou.