Jovem de 14 anos é encontrada morta após ficar dois dias desaparecida no litoral de São Paulo

A mãe da adolescente passou mal no momento que precisou identificar o corpo

Resumo da Notícia

  • Jovem de 14 anos foi encontrada morta após ficar dois dias desaparecida no litoral de São Paulo;
  • Vitória e o namorado entraram na água e foram arrastados por corrente de retorno;
  • Izonaide Maria da Silva, mãe de Vitória, disse que quando a filha foi localizada, o corpo já estava em decomposição

O corpo da adolescente de 14 anos que havia desaparecido no mar em Guarujá, no litoral de São Paulo, foi encontrado no fim da manhã desta terça-feira. Vitória Silva sumiu, no último domingo, 06 de fevereiro, após ela e o namorado serem arrastados por uma corrente de retorno. O namorado conseguiu sair da água com a ajuda do pai dele, mas a menina afundou.

-Publicidade-

De acordo com o Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar), o corpo de Vitória apareceu a cerca de 15 km do local onde havia desaparecido. Uma equipe da corporação foi até a região e levou o corpo de volta para as duas famílias, a da vítima e a do namorado.

Izonaide Maria da Silva, mãe de Vitória, disse ao g1 que, quando a filha foi localizada, o corpo já estava em decomposição. Ela e o marido saíram da capital paulista, onde moram, assim que a família do namorado de Vitória os acionou.

Vitória e o namorado desapareceram após serem arrastados por corrente de retorno
Vitória e o namorado desapareceram após serem arrastados por corrente de retorno (Foto: Arquivo Pessoal)

A comerciante de 38 anos contou que não conseguiu criar coragem para ver o corpo da filha, que teve de ser reconhecido a partir do biquíni, do cabelo e do aparelho que usava nos dentes. Ao receber a notícia de que a filha havia desaparecido no mar, ela lembra ter pensado que era uma brincadeira, mas logo em seguida, a mãe entrou em estado de choque.

“Foi um desespero muito grande, uma dor que eu não quero sentir nunca mais na minha vida. Eu tenho problema de pressão, passei mal. A Vitória foi um anjo que Deus colocou na minha vida e levou. A Vitória foi a pessoa que mais me amou no mundo. Ela acordava de manhã e, todos os dias, ia no meu quarto para ver se eu estava lá. Vai ser muito difícil”, lamenta a mãe de outros quatro filhos.