Jovem adota cachorro ‘vigia’ que protegeu carro furtado: “Resolvi levar ele comigo”

O animal não deixou ninguém chegar perto do veículo até o seu futuro dono chegar

Resumo da Notícia

  • Vitor Mangino teve o carro furtado enquanto aproveitava festa
  • O jovem encontrou o veículo sendo "vigiado" por um cachorro
  • Após o encontro especial, o rapaz decidiu adotar o animal

No último sábado, 15 de janeiro, o jovem Vitor Mangino, de 18 anos, teve o carro furtado enquanto participava de uma festa em Campo Grande (MS). Após dias, a Polícia Militar (PM) localizou o carro e, de guarda, um cão não deixava ninguém se aproximar.

-Publicidade-

Quando o rapaz soube do ocorrido, além de recuperar o carro, ele também decidiu adotar o cachorro. “Eu nunca imaginei que isso fosse acontecer comigo, andei um quarteirão e não achei o carro, fiquei desesperado. Na hora, demorei a pensar em furto, pensei que tinha esquecido o lugar que estacionei, mas rodei o bairro todo e não encontrei”, contou ao G1.

O cachorro cuidou do carro
O cachorro cuidou do carro (Foto: Reprodução Arquivo Pessoal)

Vitor contou que estava triste por ter tido o veículo roubado, já que ainda haviam muitas prestações para pagar. No entanto, quando foi para casa da tia comemorar o aniversário, ele recebeu uma ligação de que haviam o encontrado. “Já nem imaginei que iria encontrar, fiquei muito feliz! A polícia confirmou a placa do carro e disse que ele havia sido encontrado abandonado na Moreninha e que junto tinha um cachorro”, disse.

Também surpresos com o cachorro, os policiais perguntaram ao rapaz se ele havia perdido um cachorro junto com o carro se junto com o carro. “Eles falaram que acharam o meu veículo porque tinha um cachorro que estava em cima do teto do carro, e estava chamando muito a atenção porque ninguém podia se aproximar. Foi aí que eu me arrepiei inteiro, sabia que ele seria meu”, confessou.

O pet foi recebeu o nome de “Heinekein” e agora está muito bem cuidado. “Resolvi levar ele comigo. Esse cachorro cuidou do meu carro e estava me esperando, é ou não é um anjo de quatro patas? Ele tinha que ser meu, ganhei meu carro de volta e um companheiro”, concluiu.