Jovem se forma na faculdade após trabalhar como pedreira para pagar as mensalidades

A paraguaia, Magalí Giménez, trabalhou como servente de pedreiro com o pai para pagar a faculdade de Direito

Resumo da Notícia

  • Jovem trabalha como servente de pedreiro para pagar as mensalidades da faculdade
  • Neste ano, ela se formou como advogada
  • Ela usou as redes sociais para demonstrar gratidão

A paraguaia Magalí Giménez, de 24 anos, conseguiu concluir o curso de Direito após pagar as mensalidades da universidade trabalhando como servente de pedreiro em San Estanislao, no Paraguai. Além da faculdade, ela também ajudava a manter a família

-Publicidade-

A jovem usou as redes sociais para compartilhar a história como forma de incentivo e superação: “Há 6 anos isso parecia inatingível, muitas pessoas até me disseram que eu não conseguiria. Apesar disso e como muitos jovens, decidi não desistir e ser persistente”, começou.

Jovem paga faculdade trabalhando de pedreira
Jovem paga faculdade trabalhando de pedreira (Foto: Reprodução / Só Notícia Boa)

“Ainda me vem à memória aquele dia em que tive de pagar a primeira mensalidade da faculdade e não sabíamos como iria conseguir. Como o meu pai é pedreiro também, decidimos que para chegar a essa quantia ele não ia colocar ajudante e eu decidi ajudá-lo nesse trabalho… Meus irmãos mais novos e eu decidimos trabalhar duro por vários meses para poder pagar essa mensalidade”, continuou.

“Hoje só tenho gratidão à minha família e a todas as pessoas que se tornaram anjos na minha vida para que hoje eu possa ser oficialmente advogada”, disse grata.

“Só posso dizer que não desistam e que consegue quem perseverar. Juro perante Deus e a Pátria! Advogado inscrito no Supremo Tribunal de Justiça. Eu fiz isso!”, concluiu, aconselhando outros jovens que enfrentam a mesma situação em casa.