Jovens criam Startup para ajudar estudantes a encontrar moradia em São Paulo

Os estudantes, Stephanie Edenburg e Pedro Tormin, criaram uma startup para auxiliar pessoas que se mudaram para capital a terem um local para morar

Resumo da Notícia

  • Jovens criaram startup para ajudar alunos a terem local para morar
  • A 4Student é localizada na cidade de São Paulo
  • O projeto tem ajudado centenas de jovens nos últimos 4 anos

Sair da casa dos pais para construir um futuro profissional tem se tornado uma ação cada vez mais cotidiana no Brasil e no mundo. A experiência pode ser incrível para alguns e assustadora para outros. E, por conta disso, uma startup de São Paulo, decidiu amenizar a tensão dessa “nova vida”, dando oportunidades de moradia à estudantes.

-Publicidade-

A 4Student foi criada em 2017 por dois jovens empresários, Stephanie Edenburg e Pedro Tormin, que também viveram tais experiências. O negócio tem viralizado e aumentou cerca de 40% durante o período da pandemia.

A startup tem o objetivo de ajudar estudantes a terem moradia na capital de São Paulo
A startup tem o objetivo de ajudar estudantes a terem moradia na capital de São Paulo (Foto: Getty Images)

“A princípio, a gente estava um pouco receoso, porque eu não conhecia muito bem as localidades, daqui onde se localizava a instituição. então, foi um pouco complicado para gente”, contou a estudante de economia, Beatriz, de São José dos Campos ao Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Ela saiu do interior para estudar na capital e não tinha amigos ou familiares para ajudar no processo de transição.

Ela relatou que até conseguiu encontrar outros imóveis para morar, mas sempre havia um impecílio. “Tanto o preço, porque tinha que ser razoável, cabíveis aos meus padrões e, por conta disso, eu precisava de alguém para dividir o quarto comigo”, completou.

“A gente ajuda estes estudantes a encontrarem um apartamento próximo a faculdade, com serviços para que ele conheça essas pessoas. e a gente tem uma parte de comunidade e experiência, para ajudar esses estudantes a se sentirem em casa, nessa nova cidade’, disse Tormin, um dos fundadores da Startup.

Pedro era estudante do último ano de Administração quando fundou o negócio. Ele teve a ideia quando a prima, também precisou mudar para a cidade para estudar em uma universidade. Além da moradia, o local dá dicas de restaurantes próximos ao loca, serviços domésticos e oferece aluguel de equipamentos eletrônicos.

“Como a gente não só trabalha no apartamento, mas na experiência do estudante nessa nova cidade, é muito importante que a vivência da cidade esteja aberta. Então, a nossa ideia é chegar no final fevereiro com 370 estudantes, que a gente consiga ter ajudado a ter essa boa adaptação na nova cidade”, acrescentou Pedro.