Karina Bacchi conta motivo de Enrico chorar em foto e desabafa: “Preciso estar atenta aos sinais”

A apresentadora usou as redes sociais para abrir o coração e acabou explicando a razão do filho, de apenas dois anos, estar aos prantos em uma foto

Resumo da Notícia

  • Karina Bacchi abriu o coração ao falar sobre maternidade nas redes sociais
  • A apresentadora é mãe de Enrico, de dois anos
  • Ela deu um conselho para as mães e explicou o que deve ser feito nessas horas
  • Os seguidores também compartilharam as próprias experiências com Karina
Ela preocupou os seguidores (Foto: reprodução / Instagram @karinabacchi)

Na manhã desta terça-feira, 18 de fevereiro, Karina Bacchi deu um susto nos seguidores ao publicar uma foto do filho, Enrico, de dois anos, chorando. Durante o momento, ela fez um desabafo sobre maternidade e explicou que grande parte das mães iria se identificar com o que tinha acontecido.

-Publicidade-

Na legenda da publicação, Karina escreveu: “Lágrimas e risos, essa conexão de pais e filhos também tem diversas nuances, momentos, fases, mas na minha opinião o mais importante é estarmos atentos aos sinais. Não basta estarmos presentes, é preciso ouvir, olhar nos olhos, procurar entendê-los… na maioria das vezes essa atenção e essa demonstração de ‘estou aqui para ser sua amiga também meu amor’ já acalma o coraçãozinho deles…”, começou.

Ela compartilhou uma lição pelas redes sociais (Foto: reprodução / Instagram @karinabacchi)

Com uma sequência de fotos, ela explicou o motivo do filho estar chorando: “Enrico nessa sequência de fotos ficou triste porque não achava uma peça do quebra-cabeça… Bastou eu conversar com ele, brincar um pouco e estar ao lado dele pro que der e vier para ele voltar a sorrir e se sentir melhor. Maternidade é aprendizado constante, observar, acertar, errar, refletir, acertar… Maternidade é paciência, perseverança, doação e muito muito amor”, concluiu.

-Publicidade-

Pelos comentários, os seguidores ficaram sensibilizados com o desabafo da apresentadora: “O meu também estava tão chorão eu não entendia, mas comecei a dar mais atenção nele e melhorou bastante. As vezes esquecemos que crescem rápido”, disse uma. “Mãe tem que ser de tudo um pouco, até psicóloga. Parabéns minha querida, já tenho duas filhas adultas, mas até hoje, dou uma de psicóloga as vezes”, concluiu outra.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!