Kate Middleton lança livro com retratos de famílias na pandemia e pretende doar o dinheiro das vendas

A obra, que foi lançada hoje e já é o quinto livro mais vendido no Reino Unido, apresenta 100 retratos comoventes e pessoais escolhidos pela própria duquesa

Resumo da Notícia

  • Nesta sexta-feira, 7 de maio, Kate Middleton visitou a National Portrait Gallery e o The Royal Hospital of London, em Londres, para lançar o seu novo livro;
  • A produção se chama Hold Still: A Portrait of Our Nation in 2020;
  • A obra, que foi lançada hoje e já é o quinto livro mais vendido no Reino Unido.

Nesta sexta-feira, 7 de maio, Kate Middleton visitou a National Portrait Gallery e o The Royal Hospital of London, em Londres, para lançar o seu novo livro, Hold Still: A Portrait of Our Nation in 2020. Os espaços abrigam fotografias, caricaturas, pinturas, desenhos e esculturas de pessoas famosas em todo o mundo.

-Publicidade-

A obra, que foi lançada hoje e já é o quinto livro mais vendido no Reino Unido, apresenta 100 retratos comoventes e pessoais escolhidos pela própria Kate. Em 2020, ela pediu para que pessoas mandassem fotos a fim de retratar os acontecimentos em diferentes famílias durante o primeiro ano de pandemia de coronavírus.

Kate Middleton lança livro sobre pandemia (Foto: Reprodução/ Instagram)

O livro é dividido em três temas centrais: Ajudantes e Heróis, Seu Novo Normal e Atos de Bondade. De acordo com a Revista People, todo o valor arrecadado com as vendas do livro será revertido para a Mind e para a National Portrait Gallery.

Ao todo, 31 mil participantes mandaram retratos, e eles têm idades entre 4 e 75 anos. No Instagram, Kate contou que revelou que os juízes da competição Hold Still, assim como os participantes, deixaram 150 cópias em lugares que “nos deram esperança durante o Lockdown”.

Kate Middleton lança livro sobre pandemia (Foto: Reprodução/ Instagram)

A Duquesa de Cambridge explicou que tomou a iniciativa em apoio à The Book Fairies, uma organização com sede no Reino Unido que tem como objetivo compartilhar livros, deixando-os em locais para serem descobertos por pessoas.