Kim Kardashian pede divórcio de Kanye West após 4 filhos e 6 anos de casamento

A líder do clã Kardashiam e o rapper americano estão passando por uma separação amigável, segundo o TMZ, e devem compartilhar a guarda de North, de 7 anos, Saint, de 5, Chicago, de 3, e Psalm, de 1

Resumo da Notícia

  • Kim Kardashian pediu divórcio de Kanye West
  • A socialite e o rapper se casaram em 2014 e permaneceram juntos por 6 anos
  • O casal tem quatro filhos, North, de 7 anos, Saint, de 5, Chicago, de 3, e Psalm, de 1

Kim Kardashian pediu divórcio de Kanye West, rapper com quem foi casada desde 2014 com quem teve quatro filhos, North, de 7 anos, Saint, de 5, Chicago, de 3, e Psalm, de 1. A informação foi confirmada para vários portais estrangeiros, incluindo o TMZ e a agência de notícias AP. A separação acontece depois de seis anos e meio de união.

-Publicidade-
Kim Kardashian pede divórcio de Kanye West após 6 anos de casamento e 4 filhos (Foto: reprodução / Instagram @kimkardashian)

Segundo os portais americanos, o divórcio está sendo amigável e deve seguir os termos impostos pelo acordo pré-nupcial dos dois. A líder do clã Kardashian irá propor a guarda compartilhada dos filhos com o músico, o que não deve trazer muitas alterações à dinâmica familiar, já que Kim e Kanye não moram mais juntos desde 2020. A estrela será representada na Justiça por Laura Wasser, a mesma advogada de Angelina Jolie e Britney Spears.

Kim Kardashian e Kanye West se separam após 6 anos de casamento (Foto: reprodução / Instagram @kimkardashian)

O TMZ também afirma que o casamento está abalado desde que Kanye West lançou sua campanha para a presidência dos Estado Unidos, no último ano. Na época, o rapper chegou a publicar nas redes sociais que estava tentando se separar de Kim há dois anos, mas apagou a publicação logo em seguida.

-Publicidade-

A separação é o terceiro divórcio de Kim Kardashian e o primeiro de Kanye West. Antes do artista, a socialite americana foi casada com Damon Thomas entre 2000 e 2004, e Kris Humphries, entre 2011 e 2013. “Ela precisava terminar o casamento por causa de seus filhos e de sua própria sanidade”, disse uma fonte da influenciadora ao jornal New York Post.

-Publicidade-