Kyra Gracie fala sobre estado de saúde do filho caçula: “Segue precisando de oxigênio”

Rayan, de apenas 6 meses, foi internado na CTI na última segunda-feira, 5 de junho, com bronquiolite

Resumo da Notícia

  • Kyra Gracie fala sobre estado de saúde do filho caçula
  • Rayan, de apenas 6 meses, foi internado na CTI na última segunda-feira, 5 de junho, com bronquiolite
  • Em entrevista à Quem, ela atualizou o estado de saúde do filho

Nesta segunda-feira, 5 de julho, Rayan, o filho caçula de Malvino Salvador e Kyra Gracie, de apenas seis meses, teve que ser internado. Nas redes sociais, a lutadora contou que o menino está com bronquiolite e disse que se dedicaria aos cuidados do pequeno.

-Publicidade-

Em uma entrevista concedida à revista Quem, a lutadora falou um pouco sobre o estado de saúde do filho e comentou sobre as mensagens positivas que tem recebido desde que falou sobre o assunto nas redes sociais. “Muito bom receber essa positividade. Rayan segue precisando de oxigênio, mas está estável. Vai melhorar logo”, contou ela.

Ainda segundo o que a assessoria do casal disse à revista, o bebê está bem, mas precisa de cuidados e monitoramento e, por isso, segue em tratamento para voltar para casa com segurança.

Rayan foi internado na CTI (Centro de Terapia Intensiva) na segunda-feira, 5 de junho. “Rayan piorou nesta madrugada e tivemos que internar no CTI. Foi diagnosticado com bronquiolite, mas está sendo muito bem cuidado por aqui”, explicou a mãe ao falar sobre a condição, nos stories do Instagram.

Entenda mais sobre a doença

O Dr. José Carlos Fernandes, pediatra do Hospital da Criança e pai de Vinicius e Juliana, respondeu nossas principais perguntas sobre a bronquiolite – e vai te ajudar a identificar melhor os sintomas que afetam as crianças com esse quadro.

  • Como começa?

A criança começa esse quadro com um resfriado, secreção nasal, podendo ou não ter febre. Os sintomas vão evoluindo e podem durar de 7 a 10 dias. Ela passa a ter dificuldade de se alimentar, a sentir cansaço, falta de ar e respiração acerelada. Eventualmente, pode ter complicações como broncopneumonia. A bronquiolite poderá se manifestar mais de uma vez por ser uma doença viral e respiratória.

Outras causas podem ser a falta do leite materno, nascimento prematuro, bebês com cardiopatia ou baixa imunidade e filhos de pais fumantes ou asmáticos. Crianças que têm um quadro pulmonar grave podem apresentar a doença 3 ou 4 vezes por vírus diferentes. Para ver como funciona o tratamento e como prevenir, basta acessar a matéria completa, clicando aqui.