Laís Caldas, primeira participante anunciada do BBB 22, perdeu pai um mês antes do confinamento

A médica de 30 anos utilizou as redes sociais para compartilhar um texto emocionante sobre a morte do pai, Augusto César Caldas, que veio a óbito em dezembro de 2021

Resumo da Notícia

  • Laís Caldas foi a primeira participante anunciada
  • A médica de 30 anos perdeu o pai um mês antes de ser confinada
  • A TV Globo divulgou os novos sisters e brothers nesta sexta-feira, 14 de janeiro

Nesta sexta-feira, dia 14 de janeiro, o Big Brother Brasil começou a anunciar os participantes da sua 22º edição. A primeira integrante apresentada ao público pela TV Globo foi a médica Laís Caldas, de 30 anos, que em dezembro de 2021 perdeu seu pai, o também médico Augusto César Caldas.

-Publicidade-

A nova sister da casa mais vigiada do Brasil utilizou as redes sociais no dia 16 de dezembro para lamentar a grande perda de sua vida. Augusto César faleceu durante viagem pelo interior do Pará. Ele veio a óbito em decorrência de uma septcemia, condição de resposta exagerada a uma infecção no corpo que acaba dificultando o funcionamento do corpo. Confira abaixo a mensagem de luto escrita pela filha.

“Uma semana do pior dia da minha vida, o dia que me faltou ar para respirar, faltou chão para pisar, um nó na garganta, uma dor insuportável, um vazio enorme, ficou tudo escuro, dia de um pesadelo que até hoje quando acordo não acredito, a ficha ainda não caiu, pai. Parece que a qualquer momento você vai chegar, como eu queria escutar o portão aqui de casa abrindo e ouvir sua voz, sua risada…”, começou escrevendo Laís Caldas. Para ver este conteúdo, clique aqui. 

A médica publicou um texto emocionante sobre a perda do pai
A médica publicou um texto emocionante sobre a perda do pai (Foto: Reprodução Instagram @dra.laiscaldass)

“Essa foto foi a última que tiramos juntos, a três finais de semanas atrás, na fazenda, eu amava ir ver vacinar os gados com ele desde pequenininha, se eu soubesse que ia ser a última foto… a diferença nessa foto é que eu não estava com aquela botina vermelha que você me deu quando eu era pequena ( não tirava ela do pé para nada), ia para fazenda, escola, tudo com ela, a e o meu primeiro sutiã, adivinha quem deu? Meu pai, e até hoje eu guardo com muito amor e guardarei para sempre!”

“Quando me perguntavam de quem eu gostava mais, eu respondia: PAPAIIIIIN, nossa ligação e sintonia eram de outras vidas! Como está sendo difícil falar de você, pai, e referir no passado, tá tudo tão recente, vejo e sinto você em tudo, quando fecho os olhos escuto você falando : ‘curi curi de muito babe’; Tiberyus excepteridomes’; ‘Dula o babe’; ‘O corozinho tem muito babe de babe’; ‘Defunto no gancho’; ‘ Zumbino tem babe de muito babe’; ‘Nasci pronto’, ‘ GG’; ‘Chiquinha’, entre várias outras pérolas que só você inventava e sabia.”

“No hospital está tudo muito diferente sem você lá, do meu consultório eu sabia que você tinha chegado pois eu escutava sua risada inconfundível de longe, a melhor risada do mundo, você vivia assim, sorrindo, nada te deixava triste, era impossível estar do seu lado e não sorrir, sempre com alguma piadinha, uma história para contar, um apelido carinhoso que só você sabia dar. Para mim não existe nada melhor do que chegar na recepção do hospital falando alguma coisa e as secretarias falarem:“ Augustinha chegou, igualzinha o pai”

“Foi embora muito novo pai, completou 68 anos dia 12/09 e nos deixou dia 09/12, parece até ironia do destino né?! Talvez até seja… E agora pai, para quem vou mandar aquele raio x quando eu tiver dúvidas? Quando tiver aquela emergência de madrugada para quem eu vou ligar? Quando eu casar, quem vai entrar comigo na igreja? Quem vai fazer os meus partos?(você que colocou eu, minhas irmãs e seus netos no mundo); Quando eu viajar sozinha quem vai ficar me mandando mensagem de cidade em cidade, perguntando certinho os locais onde estou?”

Laís Caldas e Augusto César Caldas
Laís Caldas e Augusto César Caldas (Foto: Reprodução Instagram @dra.laiscaldass)

“Quem vai ficar me perguntando para onde eu vou, com quem e que horas eu volto? Quando eu tiver filhos quem vai brincar com eles de bater na cabeça, mostrar a língua, e virar a língua mexendo nas orelhas?! Ninguém, pai. Só você é esse SUPER PAI, PROTETOR, que tive a HONRA DE SER FILHA. Você será para sempre MEU MAIOR ÍDOLO, MAIOR EXEMPLO, MINHA INSPIRAÇÃO, MELHOR AMIGO! QUE PRIVILÉGIO TE TER COMO PAI!”

“Não é só eu que estou de luto, pai! Crixás inteiro chora com sua partida, foram tantas homenagens lindas, tantas pessoas nos dando consolo, colo, ombro, tantas orações o senhor recebeu . VOCÊ É MUITO AMADO, pai! Obrigada a todos por tudo que fizeram e estão fazendo por nós, me faltam palavras para agradecer tanto gesto de carinho e amor! Pai, para sempre você estará em nossos corações e lembranças. Para a gente você não morreu, vou contar para todo mundo O PAI AMIGO, ENGRAÇADO, BRINCALHÃO, DIVERTIDO, FELIZ, ALEGRE, HONESTO, ÍNTEGRO, INTELIGENTE, MÉDICO EXEMPLAR ( para mim, o melhor), HUMILDE, BEM HUMORADO… que você era!”

“VOCÊ VIVEU INTENSAMENTE E ERA BOM DEMAIS PARA ESTAR NESSA TERRA, DEUS CHAMA OS BONS PRIMEIRO, POR ISSO VOCÊ SE FOI TÃO CEDO! O que me conforta é saber que um dia iremos nos reencontrar TE AMO Ps: CUIDA DAS SUAS CINCO MULHERES AÍ DE CIMA, assim como sempre fez! Ps: Vou cuidar do seu Corozinho(Nina) e da minha Mãe para você tá?! Não se preocupe
Ps: Sobre meus sonhos e projetos que você sabe, eu não vou desistir, em breve ele começa a se realizar, e prometo que você vai se orgulhar muito de mim aí em cima! TE AMO MUITO MUITO MUITObbb”, finalizou Laís Caldas.