Laura Keller e Jorge Sousa se separam após nascimento do filho: “Não estava afim de ser pai”

Com uma publicação e uma série de vídeos no Instagram, a atriz falou sobre a situação e negou ter sofrido agressões do ex-marido

Resumo da Notícia

  • Eles estavam juntos há 6 anos
  • Jorge Emanuel é o único filho do casal
  • Laura Keller usou as redes sociais para explicar a situação aos seguidores

Nesta terça-feira, 29 de dezembro, Laura Keller usou as redes sociais para anunciar o fim do casamento de seis anos com, Jorge Sousa. Em um primeiro momento, a atriz compartilhou uma foto com o agora ex-marido e o filho, Jorge Emanuel, de quatro meses, e em seguida, uma série de vídeos aos prantos.

-Publicidade-
Eles estavam juntos há 6 anos (Foto: reprodução / Instagram @laurakelleroriginal)

“Apenas pais do Jorge Emanuel. É com lágrimas nos olhos que escrevo esse texto. Me sinto cansada, triste e derrotada. Não consegui manter a família que queria. Ambos erraram, ambos estão magoados. As vontades de cada um mudaram. Não nos vemos mais como homem e mulher, somos amigos e seguiremos como parceiros com um único propósito, fazer Jorge Emanuel feliz”, escreveu Laura.

Ainda na mensagem aos fãs, ela agradeceu por todo apoio e carinho: “Agradeço a todos que torceram pela gente e peço que continuem torcendo pela nossa felicidade. Foram 6 anos e agradeço ao Jorge por tudo e, principalmente, por ter feito comigo a coisa mais linda do mundo, nosso filho. Estou triste, mas vai passar. Que venha 2021, novo ano, novo ciclo, novas conquistas”.

-Publicidade-
Jorge Emanuel é o primeiro filho do casal (Foto: reprodução / Instagram @laurakelleroriginal)

Pelos stories, Laura explicou o motivo do ex-marido chamar o sobrinho de filho e por que estava com o olho roxo, negando que tenha sido agredida por Jorge. “As pessoas vieram me criticar dizendo que sou desagradável, chata, dizendo que eu estava com ciúmes. Não é nada disso. Nesse momento da minha vida, estou tentando não criar nenhum tipo de polêmica e de fofoca que envolvam meu filho e eu. Já estou com esse olho roxo, que estou tendo que explicar para as pessoas, que o povo acha que o Jorge me bateu e não foi isso. Já expliquei o que é, foi um acidente com meu telefone na minha cara e ninguém está acreditando em mim. Já tem isso. E criar uma fofoca, uma polêmica, envolvendo uma suposta segunda família, não me acrescenta em nada. Não to com cabeça pra isso para ficar explicando. E parece que ele não está entendendo, que não está assimilando e faz esse tipo de brincadeira. Até porque, eu nunca tinha ouvido ele falar dessa forma do sobrinho dele, que é pai do sobrinho, ele é padrinho. Até porque, um cara que não estava muito afim de ser pai, agora quer ser pai de todo mundo, não dá pra entender”.

Em outros vídeos, minutos depois, ela apareceu aos prantos: “Não é de agora, já vem de um bom tempo. Para não haver mais mágoas e tristezas, a gente decidiu ser amigo. A gente mora na mesma casa ainda, cada um em um quarto, pelo bem do Jorge Emanuel, porque ele é muito pequeno ainda. Aconteceu muita coisa, não tem um culpado, os dois erraram”, concluiu.