Laura Keller mostra corpo 4 meses após dar à luz: “Faltam alguns quilinhos ainda”

A famosa usou as redes sociais para compartilhar com os internautas um relato sobre os cuidados consigo mesma depois de ter o filho

Resumo da Notícia

  • Laura Keller fala sobre relação com o corpo 4 meses após dar à luz
  • A famosa contou que está cuidando de si, fazendo dietas e malhando
  • Ela falou que procura ser a melhor versão de si mesma
  • Veja o que ela disse

A modelo Laura Keller usou as redes sociais para contar aos seguidores um pouco sobre as mudanças com a chegada do primeiro filho. A famosa falou um pouco sobre a relação atual com o corpo, depois da vinda do filho, Jorge Emanuel, de 4 meses. A DJ contou que tem se cuidado, mas sem neuras, tentando ser a melhor versão de si mesma.

-Publicidade-
Ela falou sobre o corpo nas redes sociais (Foto: reprodução Instagram)

“Já se passaram quatro meses desde que o Jorge Emanuel nasceu e estou tentando ser a minha melhor versão tanto como mãe como mulher. E essa é a minha melhor versão atualmente”, começou dizendo.

Ela seguiu falando um pouco sobre os cuidados que está tendo com o corpo, a fim de perder os kilos que engordou durante a gestação. “Continuo me cuidando muito. Meu corpo passou por várias mudanças. Tive aumento de peso muito grande, engordei 23 quilos e perdi já 13. Faltam alguns quilinhos ainda. Continuo fazendo dieta e malhando bastante”.

Críticas

A DJ Laura Keller costuma usar com certa frequência as redes sociais para contar sobre a rotina como mãe. A famosa, que é mãe de Jorge Emanuel, deu à luz no ano passado e busca sempre contar toda a realidade da maternidade: dos pontos positivos aos perrengues. Em entrevista à revista Quem, a famosa contou um pouco sobre a maternidade e sobre essa decisão de mostrar todos os aspectos da rotina como mãe.

Laura Keller fala sobre maternidade e críticas que recebe: “Quem dera palpites virassem fraldas” (Foto:

“Tento passar também para as pessoas um pouco da minha história para mostrar que as mulheres não estão sozinhas. É para uma se apoiar na outra”, começou, explicando. Se tornar uma pessoa pública, no entanto, vem sempre acompanhado de algumas críticas e comentários negativos. Laura também falou sobre essa questão na entrevista.

“A gente escuta muita coisa. Quem dera as opiniões e palpites virassem fralda. Seria uma glória (risos). Mas considero qualquer tipo de comentário ou palpite que se meta na vida das mamães de primeira viagem um absurdo. As pessoas generalizam algumas coisas e esquecem que cada bebê é um bebê. De repente, o que deu certo para o seu bebê não vai dar certo com o meu. Não existe regras”, disse.

Ela contou que tem algumas táticas para tentar ficar bem, apesar dos comentários negativos. “Eu tenho que manter o sangue bem de barata porque, às vezes, a gente quer compartilhar algo, mas as pessoas não entendem que a gente não quer opinião e palpite. Mas não tem como fugir disso. Nunca pensei em sair da rede social, mas já considerei dar um tempo. Por outro lado, a rede social ajuda a gente a passar por momentos mais difíceis. Mesmo recebendo muitos palpites, recebo muito apoio”.