Letícia Colin publica clique divertido do filho com o marido: “Sextou”

A atriz publicou no perfil do Instagram uma foto alegre do filho e do esposo juntos e se divertindo com um objeto inusitado

Resumo da Notícia

  • A atriz compartilhou para os seguidores um momento divertido entre o filho e o marido
  • Nas fotos, Michel Melamed faz o filho sorrir
  • A família adora publicar os momentos de diversão que passam juntos

Nesta sexta-feira, dia 22 de outubro, a atriz Letícia Colin, de 31 anos de idade, compartilhou no próprio perfil pessoal do Instagram uma sequência de fotos do companheiro, o ator e apresentador de 45 anos de idade, Michel Melamed, se divertindo com o filho do casal, o Uri, de um ano de idade.

-Publicidade-

Nas 3 fotos compartilhadas pela atriz, o marido aparece utilizando uma máscara de panda, o que parece chamar a atenção da criança e o faz abrir um sorriso. Na segunda postagem, registrada em um restaurante, desta vez é Uri quem aparece com a máscara no rosto, posando diretamente para a câmera que o pai segura sorridente. Já na terceira e última fotografia, ambos aparecem super felizes e empolgados com a máscara de animal. Para ver este conteúdo, clique aqui.

Fotos publicada pela atriz, Letícia Colin (Foto: Reprodução @leticiacolin)

A família adora compartilhar os momentos felizes que vivem juntos. Leticia Colin postou várias fotos com o filho no Instagram, no dia 14 de outubro. “Seguimos nas tintas, obrigada. Te amus, meus mininu”, escreveu a atriz na legenda das imagens em que aparece toda suja de tinta ao lado do bebê. Os cliques foram feitos pelo marido da atriz e pai do bebê, o ator Michel Melamed.

Uma seguidora ainda comentou que antes de ler a legenda achou que a mãe e o filho não estavam sujos de tinta, mas sim de outra coisa. “Antes de ler a legenda achei que era outra coisa. Quem é mãe sabe que é possível”, disse a internauta, enquanto vários outros elogiaram a família.

(Foto: Reprodução/ Instagram)

Atualmente, ela aparece na série ‘Onde Está Meu Coração’, no Globoplay. “A gente está lançando essa série que fala da dependência química feminina. “Faço a Amanda que é uma médica residente usuária de crack. É uma personagem que mudou minha vida. Fui pesquisar as clínicas de reabilitação. Conversei com pessoas que são dependentes químicas. E acho que a beleza dessa série é que a gente trata a dependência química como uma doença, um problema de saúde como qualquer outro. Há cura, a transformação, há possibilidade de sair dessa situação e a série mostra isso para a gente”, contou ela em entrevista recente ao programa Altas Horas.