Livro é devolvido com 50 anos de atraso em biblioteca com direito a bilhete bem-humorado

Os funcionários não esperavam que o exemplar iria voltar para lá depois de tanto tempo

Resumo da Notícia

  • Livro é devolvido com 50 anos de atraso em biblioteca nos EUA
  • Junto com o livro, a pessoa que o pegou também mandou um bilhete bem-humorado
  • Os funcionários da biblioteca não imaginavam que iriam receber o exemplar de volta
  • O livro e a carta ficarão em exposição

Tem gente que tem mais dificuldade em ser pontual, mas já pensou entregar algo com 50 anos de atraso? Pois é, foi isso que aconteceu em uma biblioteca nos Estados Unidos! A biblioteca pública anunciou, na semana passada, que recebeu um livro que estava 50 anos atrasado. Depois de tanto tempo, é claro que eles contaram que nem esperavam recuperar mais o objeto!

-Publicidade-

A cópia de ‘Coins You Can Collect’, livro para colecionadores de moedas publicado em 1967, foi devolvido com uma carta cheia de humor e uma nota de US$2o, para tentar pagar as multas de 50 anos de atraso!

“Há 50 anos (isso, 50!), uma menininha me emprestou nesta biblioteca em 1971. Naquele momento, ela não imaginava que ia se mudar de Plymouth [Massachusetts, nordeste americano]. Naquela época, as crianças não eram avisadas sobre essas coisas”, diz o bilhete que foi entregue junto ao livro.

Livro é devolvido com 50 anos de atraso em biblioteca nos EUA com direito a bilhete bem-humorado
(Foto: iStock)

“Como vocês podem ver, ela cuidou muito bem de mim”, continua a carta. O bilhete conta, também, que o livro obviamente passou por várias mudanças ao longo dos anos, mas sempre esteve acompanhado de outros livros. A pessoa que havia pego o livro anteriormente contou, ainda, que pensou em devolver várias vezes, mas acabou nunca o fazendo.

O remetente acrescentou que sabe que os 20 dólares não são o suficiente pelos anos de multa, mas sugeriu que a biblioteca investisse o dinheiro para pagar alguns empréstimos atrasados! Dá para acreditar?

Em entrevista ao jornal Citizens’ Voice, Laura Keller, a diretora da biblioteca, contou que seguiu essas instruções e que, com o dinheiro,  liberou os empréstimos de uma jovem mãe que queria voltar a emprestar livros, mas estava proibida por conta de um atraso. As regras da biblioteca explicitam que todos os empréstimos ficam suspensos caso a multa seja acima de US$ 5,00.

Depois da história um tanto quanto única e improvável, o livro que reapareceu e a carta bem-humorada ficarão em exposição na biblioteca, para que pessoas que vão visitar o local possam vê-los e relembrar o que aconteceu!