Lockdown: mais uma cidade brasileira adota a medida radical contra o coronavírus e explicamos como funciona

O prefeito de Fortaleza e o governador do Ceará falaram em uma coletiva de imprensa a respeito das principais mudanças que acontecerão no isolamento social nas próximas semanas

Resumo da Notícia

  • Fortaleza adota o lockdown
  • A capital restringiu ainda mais a circulação pela cidade
  • O prefeito da cidade e o governador do Ceará falaram a respeito
  • Veja o que vai mudar
Fortaleza adota lockdown (Foto: Getty Images)

O governador do Ceará, Camilo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Claúdio, anunciaram que a capital do estado adotará o lockdown a partir da próxima sexta-feira. Com a mudança, a população só poderá sair às ruas para buscar serviços essenciais, como atendimento de saúde, farmácias e supermercados. As entradas da cidade também serão bloqueadas.

-Publicidade-

Apesar das medidas adotadas serem muito semelhantes às determinadas na semana passada pela Justiça para São Luís, no Maranhão, que adotou o lockdown, o governador e o prefeito não usaram essa palavra ao anunciar as mudanças, segundo o jornal O Globo.

“Diante da situação de Fortaleza, tomamos a decisão conjunta de implantarmos um isolamento social rígido aqui na capital, com ações mais restritivas e controle da circulação de pessoas e veículos, restringindo pessoas e veículos, restringindo ambientes públicos para diminuirmos a velocidade que esse vírus tem se propagado”, afirmou Camilo em uma live ao lado de Cláudio.

-Publicidade-

O Ceará o terceiro estado do país com mais casos do coronavírus, estando depois de São Paulo e do Rio. O estado tem 11.256 casos confirmados, sendo que 8.342 estão em Fortaleza. No estado, já foram registradas 733 mortes por causa da doença.

-Publicidade-