Luciano Camargo diz que não se lembra da infância: “Só tenho uma foto de quando era criança”

O cantor abriu o coração e ficou nostálgico após receber foto de quando era pequeno e falou que antes disso só tinha memórias a partir dos 12 anos

Resumo da Notícia

  • Luciano Camargo contou que só tem uma foto dele criança e só conseguia lembrar da própria imagem a partir dos 12 anos
  • Ele também comentou que está com saudade dos familiares, principalmente dos pais, e que não os vê desde o começo da pandemia
  • O músico ainda comentou que está fazendo álbum gospel em homenagem à mãe

Luciano Camargo abriu o coração e falou que está com saudade dos pais durante a pandemia, e contou que desde quando começou a quarentena não vê os parentes, segundo o Gshow, a única forma que ele tem usado para se sentir mais próximo são as chamadas de vídeo.

-Publicidade-

“Desde que começou a Covid eu não vejo o meu pai. Só vejo meu pai e minha mãe por aplicativo de chamada de vídeo”, contou Luciano Camargo no Encontro com Fátima Bernardes. Ele ainda ressaltou que é o único da família que ainda não pegou a Covid-19.

Luciano contou que desde o começo da pandemia não vê os pais (Foto: Reprodução/ Gshow)

O assunto de saudade ficou nostálgico e o músico se lembrou da própria infância: “Só tenho uma foto de quando era criança. Eu não tinha na minha mente a imagem com cinco, quatro anos. Tinha na cabeça a imagem dos 12 anos para cá. Há uns anos, uma menina que conheci quando criança, mandou uma foto para mim. Quando ela mandou, nasceu em mim essa memória e lembrei de mim quando criança”.

-Publicidade-

O irmão de Zezé Di Camargo também comentou que está lançando o primeiro álbum solo da própria carreira, que será gospel inspirado na mãe, Helena, que segundo ele havia pedido há 20 anos. “Eu estava em uma fazenda e estava louvando. Ela chegou e falou: ‘filho, um dia você grava um CD de louvores para mim?’ Eu disse que sim e esse dia chegou”, explicou.

Luciano concluiu dizendo que esse é o momento ideal para a gravação do álbum. “Se eu tivesse gravado lá atrás, seria apenas o artista gravando. Hoje é o cristão, o homem, o pai de família. Sinto que estou devolvendo para Jesus aquilo que ele colocou de melhor em mim, que é a minha voz”, falou.

-Publicidade-