Família

Mãe abre o jogo sobre gêmeas que acordavam 40 vezes por noite: “Tentávamos acalmá-las e sem sucesso”

Os pais de Jessica e Jasmine, de 4 anos, procuraram auxílio em uma clínica para melhorar a rotina de sono

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

As irmãs gêmeas (Foto: Reprodução / Facebook)

Sabemos que ficar sem dormir ou ter apenas aquelas horinhas de sono é muito comum na vida de quem tem filhos. E para os pais das gêmeas Jessica e Jasmine, de 4 anos, não foi diferente. As meninas acordavam 40 vezes por noite desde os três meses de idade e chegou afetar a rotina da mãe, Jacqui, que não conseguia voltar ao emprego que tinha como designer gráfica depois da licença maternidade e o pai, Julian, quase foi demitido.

Cansados de toda essa situação, os pais foram procurar auxílio em um Serviço de Sono pioneiro e gratuito disponível gratuitamente no Hospital da Criança de Sheffiel, na Inglaterra, e agora as meninas ao invés de demorarem duas horas pra pegar no sono, levam 30 minutos e já conseguiram ter 12 horas de sono seguidas.

As enfermeiras ajudaram Julian e Jacqui a criarem uma rotina personalizada para a hora de dormir das gêmeas e então, os pais seguem as regrinhas de forma certeira. “Antigamente, eu ficava na cama com uma delas e o Julian no quarto a lado com a outra”, disse Jacqui em entrevista ao Daily Mail. “Tentávamos acalmá-las sem sucesso. Não consegui voltar da minha licença maternidade e o Julian quase foi demitido por causa da exaustão”.

Em entrevista ao Daily Mail, a presidente da ONG The Children’s Sleep Charity contou que existe vários motivos para que as crianças não durmam. “Podem ser problemas sensoriais, a temperatura do quarto, alimentação ou relógio biológico.  É bom testar o que funciona antes de criar uma rotina rígida”, afirmou.

No caso das gêmeas, o que deu certo foi tentar manter sempre o mesmo horário de sono e com uma rotina que começa duas horas antes das meninas dormirem. No período da preparação do sono, é proibido qualquer atividade estimulante, e ao contrário fazem tarefas mais calmas, como desenhos ou dobraduras. O pai também contou que as meninas não podem comer comidas açucaradas nesse horário. E por último, cerca de 30 minutos antes de dormir, as gêmeas recebem um banho quente e dormem ambientes pouco iluminados até a hora de deitar. “Dormir ainda não é algo que vem de forma natural para nossas filhas, mas ficou menos desafiador depois das mudanças no nosso dia a dia”, afirmou Jacqui.

Leia também:

Como fazer o bebê dormir a noite toda? 10 dicas de ouro para colocar o sono do seu filho em dia

Aprenda um simples ritual para fazer seu bebê voltar a dormir sozinho

Dormindo a noite toda