Mãe acorda do coma chamando o nome do filho após 27 anos: “Eu nunca desisti”

O caso aconteceu nos Emirados Árabes

Imagem ilustrativa (Foto: Getty Images)

Murina Abdulla foi vítima de um acidente de ônibus nos Emirados Árabes em 1991. Na época, ela tinha 32 anos e estava levando o filho de 4 anos para a escola. Ela sofreu o acidente e ficou em coma. A partir desse momento, ela passou por vários hospitais, procurando por um tratamento que fosse acessível.

-Publicidade-

Em 2017, a Corte Real do país decidiu transferi-la para um hospital na Alemanha. Os médicos deram o mesmo diagnóstico que os outros hospitais: sem esperança de cura, ela estava em um estado mínimo de consciência.

Em junho de 2018, seu filho Omar contou que aconteceu um milagre. Após ouvir muitos médicos disseram que ele deveria desistir da mãe porque ela não acordaria mais, Omar contou que aconteceu uma espécie de discussão no quarto do hospital e sua mãe sentiu que ele estava correndo perigo.

-Publicidade-
Na foto, Munira faz uma visita à Mesquita Sheikh Zayed (Foto: Reprodução / Khushnum Bhandari /TheNational)

“Isso com certeza causou algum tipo de choque nela. Minha mãe passou a fazer sons estranhos e eu corri para chamar o médico, mas ele disse que estava tudo normal”, conta Omar ao The National.

Três dias após o ocorrido, Omar ouviu alguém chamando seu nome e viu que sua mãe estava acordada. “Era ela. Ela estava chamando meu nome. Durante anos sonhei com esse momento e meu nome foi a primeira palavra que ela disse”, revelou.

Munira ainda está em tratamento em Abu Dhabi, porém um relatório do Hospital Mafraq constatou que ela está se comunicando de maneira razoável. “Nunca desisti porque sempre tive a sensação de que, um dia, ela acordaria”, disse Omar.

Leia também:

Mulher acorda de coma depois de 4 dias e descobre que se tornou mãe: “Foi um grande milagre”

Há 14 anos em coma, mulher dá à luz em hospital nos Estados Unidos

Mãe vê filho acordar do coma depois de 12 anos

    -Publicidade-