Mãe causa acidente ao perder controle do carrinho da bebê na escada rolante: “Foi horrível”

O carrinho da criança deu cambalhotas na própria escada rolante, apavorando a mãe e todos que presenciaram a cena

Resumo da Notícia

  • Emma não conseguiu segurar o carrinho da filha
  • A bebê estava dentro e acabou rolando junto com a escada rolante
  • Mãe e filha foram parar no hospital

Imagina o susto! Emma Chesters é uma mãe de 28 anos de idade que passou por um ‘perrengue’ esta semana com a filha recém-nascida, Violet. A britânica contou com detalhes sobre o dia em que acidentalmente perdeu o controle do carrinho da bebê ao se aproximar do topo da escada rolante.

-Publicidade-

Emma estava passeando no shopping Arndale Centre, em Manchester, cidade na Inglaterra, quando decidiu pegar um elevador para subir em outro andar do estabelecimento. Entretanto, a mulher optou por se locomover com a filha de escada rolante quando se deparou com uma fila extensa de mulheres que também estavam com carrinhos de bebê.

Emma assustou todos que estavam no shopping
Emma assustou a todos que estavam no shopping (Foto: Reprodução AFP)

“Quando consegui subir até a metade do caminho, perdi o controle. Estávamos subindo, eu estava de costas para o lado da escada rolante que subia e o bebê estava voltado para baixo”, lembrou ela em desespero.

Emma afirmou que o carrinho continuou “dando uma cambalhota” enquanto os compradores que estavam no shopping olhavam horrorizados a cena.  Além disso, a mãe de Viole contou que “podia ouvir as pessoas gritando” mas só conseguia pensar em correr para ajudar sua filha.

“Foi absolutamente horrível. Eu simplesmente podia ouvir as pessoas gritando, eu simplesmente sentia que não conseguia respirar na hora.” Uma ambulância foi chamada e ambas foram levadas para o hospital, onde Violet foi examinada e levada ao pronto-socorro infantil. Felizmente, o bebê escapou com apenas dois cortes sob suas narinas, um corte no lábio e um galo na cabeça.

Emma finalizou o relato afirmando que deseja com que placas sejam colocadas na frente das escadas rolantes para que as pessoas com carrinhos de bebê não possam passar pelo mesmo trauma. “Eu sei que as pessoas pensam que nunca vão largar o carrinho, mas é muito perigoso.”