Mãe com 800 tatuagens diz que filhos já se acostumaram com pessoas olhando na rua

Valerie mora em San Diego, na Califórnia e fez a primeira tatuagem com apenas 14 anos, hoje 20 anos depois ela soma 800 tatuagens, os filhos no entanto já se acostumaram com os olhares na rua

Resumo da Notícia

  • Valeria é mãe de 2 filhos e tem ao total 800 tatuagens
  • A mulher fez a primeira tatuagem com apenas 14 anos
  • Segundo a mãe, os filhos já se acostumaram com os olhares na rua

Uma mulher de 34 anos tem ao total 800 tatuagens pelo corpo, ela contou que os filhos já se acostumaram com os olhares das pessoas na rua. Valerie mora em San Diego, na Califórnia, é mãe de 2 filhos e disse que fez a primeira tatuagem com apenas 14 anos, a tinta cobre cerca de 78% de seu corpo.

-Publicidade-

“Eu ando na rua e fico tipo: ‘Por que essas pessoas estão olhando para mim?’. Pergunto ao meu filho, o que tem no meu rosto? E ele responde tipo: ‘Você tem tatuagens no rosto’. Eu esqueço, elas são apenas uma parte de mim”, disse ela, em entrevista a Truly. “Meus filhos se acostumaram com as pessoas me olhando”, completou.

A mãe tem no total 800 tatuagens
A mãe tem no total 800 tatuagens (Foto: Reprodução/Truly)

Valerie trabalha como pintora, e vê as tatuagens como uma forma de se expressar, seu braço esquerdo é inteiramente preto e tem uma cicatriz peculiar que atravessa suas pálpebras e bochechas. As tatuagens, especialmente em seu rosto, atraem muita atenção negativa. Ela disse que já ouviu de pessoas estranhas que é um “mau exemplo” para seus filhos de 3 e 15 anos.

Apesar da negatividade, Valerie, que tem quase 69 mil seguidores no Instagram, disse se orgulhar de seus desenhos na pele. Tanto que ela está determinada a fazer mais tatuagens, incluindo a data de nascimento de sua mãe em seu rosto. Ela explicou: “É a maneira que eu me expresso”. A mãe, que descreve seu visual como “uma Harley Quinn moderna” — a capanga do Coringa em Batman, tinha uma aparência bem diferente antes de se cobrir de tinta. No entanto, ela disse que, hoje, esse é o visual com o qual se sente “confortável”.