Mãe com doença degenerativa dança valsa no casamento do filho em vídeo emocionante

Kathy Poirier tem esclerose lateral amiotrófica e não consegue andar, mas com ajuda do filho mais velho, Zak, ela conseguiu dançar em seu casamento

Resumo da Notícia

  • Uma mulher de 55 anos sofre de esclerose lateral amiotrófica, e por isso não consegue andar
  • Mas graças a ajuda dos filhos ela conseguiu dançar valsa com o filho mais velho no seu casamento
  • Nick e Jake, dos Estados Unidos, ajudaram a mãe Kathy Poirier a ficar em pé e poder dançar

Uma mulher de 55 anos sofre de esclerose lateral amiotrófica, e por isso não consegue andar. Mas graças a ajuda dos filhos ela conseguiu dançar valsa com o filho mais velho, Zak, no seu casamento, e assim protagonizar uma cena emocionante. Nick e Jake, dos Estados Unidos, ajudaram a mãe Kathy Poirier a ficar em pé e poder dançar.

-Publicidade-

“Minha mãe foi diagnosticada com ELA pouco antes de eu me formar na faculdade de Direito. Desde aquela época, assisti a ela lutar bravamente contra o diagnóstico e desafiar as chances contra ela”, escreveu Zak ao publicar um vídeo do momento no Instagram.

A mãe sofre de uma doença degenerativa que impede ela de andar
A mãe sofre de uma doença degenerativa que impede ela de andar (Foto: Reprodução/Instagram @z_poirier)

“Apesar de não ter a habilidade de ficar em pé sozinha, minha mãe e eu compartilhamos uma dança no meu casamento. Ela me inspira todos os dias a ser humilde, gentil e altruísta.” finalizou no post. “Com o diagnóstico de ELA, não tem muito além de notícias ruins juntos”, afirmou Kathy à Fox News Digital. “Mas estar nos braços de todos os meus três filhos foi lindo. Fez eu me sentir forte.”

Nos comentários muitos usuários aplaudiram o ato dos jovens, com uma pessoa dizendo: “O jeito que você olha, fala e pega ela nos braços é uma das coisas mais bonitas que eu já vi”, enquanto outro concordando: “Chorei muito vendo o vídeo, que Deus abençoe sua mãe, que criou um homem do bem”.