Mãe compra casa com ex e com atual marido para que os filhos possam viver juntos e divide opiniões

Em Putnam, Connecticut, Lindsay Taylor, conta que após se divorciar continuou amiga do ex-marido. Todos permaneceram próximos, que mudaram-se para uma casa de cinco quartos para criar os filhos juntos

Resumo da Notícia

  • Lindsay Taylor, 35, e o ex-marido Chris Kelley,se separaram, mas continuaram amigos
  • Eles foram pais de seus dois filhos e Lindsay se casou com Mike
  • Todos permaneceram próximos, então mudaram-se para uma casa de cinco quartos para criar os filhos juntos
  • Funcionou tão bem que, na hora de encontrar uma casa maior, eles se mudaram como uma grande família

Em Putnam, Connecticut, Lindsay Taylor, de 35 anos, faz um relato inusitado! A mãe de três filhos comprou uma casa com o atual e o ex-marido. Quando Lindsay e o ex-marido Chris Kelley, de 38 anos, se separaram, eles permaneceram bons amigos, dividindo a guarda dos dois filhos. Tempo depois, ela acabou se casando com o novo marido Mike Taylor, de 52 anos, mas todos permaneceram próximos – tão próximos que agora se mudaram para uma casa  para criar os filhos juntos!

-Publicidade-
(Foto: Reprodução / Daily Mail)

A enorme família disse que a configuração funcionou tão bem que, quando chegou a hora de procurar uma casa maior, eles fizeram isso juntos e estão se preparando para se mudar novamente como uma grande família. Os filhos de Lindsay e Chris são, Joanna, de cinco anos, e Lucas, de sete e o filho com Mike, de três anos chamado Harrison.

Convite para morar juntos

Em um bate-papo com o podcast Real Fix, eles falaram sobre a configuração incomum e admitiram que, embora nem sempre seja fácil, mas decidiram morar juntos para dividir as contas e passar mais tempo com os filhos. “Tudo o que fizemos foi para as crianças e se há uma coisa que aprendi é que tudo, não importa o quão ridículo possa parecer, é possível, se você tentar o suficiente para fazer funcionar”, disse Lindsay segundo o Daily Mail.

-Publicidade-

Ela conta que o convite foi feito pelo ex-marido. “Chris tem a mente muito aberta, então, para ele, isso não era grande coisa – apenas fazia sentido. Ele disse: ‘Por que vocês dois não vão morar comigo? Podemos pagar uma hipoteca, um conjunto de contas e manter todas as crianças juntas?”, conta.

Chris conta que decidiu tomar essa decisão para que ficasse próximo dos filhos. “Parecia que era a coisa certa a fazer na hora. Tínhamos um filho que estava doente e eu senti que ele precisava de a mãe aqui e eu só queria fazer funcionar a qualquer custo. Eu não tenho nenhum problema com Mike, acho que ele é um cara muito bom, então por que não?”, justificou ele.

No entanto, Mike achou o novo arranjo de vida mais difícil de se ajustar, admitindo que se sentiu desconfortável por um tempo depois que eles se mudaram. “Foi estranho – eu disse a Chris’ se eu estivesse no seu lugar, acho que não poderia ter feito a mesma coisa”, explicou Mike, que também tem dois filhos adultos mais velhos. “Eu me sinto confortável agora”, ressaltou.

Mudança

(Foto: Reprodução / Daily Mail)

Lindsay conta que o casamento de seis anos com Chris começou a acabar no final da gravidez de Joanna em 2015, e o casal se divorciou no ano seguinte. Então, ela conheceu Mike em um show e eles ficaram juntos em 2016 e foram morar juntos, mas foram inesperadamente expulsos da casa logo depois.

Foi então que Chris, um gerente de cinema, fez a oferta inesperada – perguntando se eles queriam se mudar para a casa, com cinco quartos. O filho deles, Lucas, tem um raro distúrbio de imunodeficiência e ele precisa de uma casa esterilizada fechada, então a configuração foi perfeita para que Chris cuidasse do filho. “Começamos a procurar outro lugar, mas Chris fez uma sugestão que ninguém esperava – as estrelas se alinharam”, disse Lindsay.

Cuidados com o filho

Mike e Lindsay se casaram em uma cerimônia na praia, quando ela estava grávida do bebê Harrison, agora com três anos. Pouco depois, em outubro, Lucas foi submetido a um transplante de medula óssea que espera regenerar o sistema imunológico e curá-lo da CGD.

A condição fez com que a família ficasse isolada por dois anos, e morar na mesma casa impedia a mudança para outro local. “Não queríamos mudar de casa em casa, além disso, ficamos isolados por dois anos quando Lucas adoeceu”, explicou Lindsay.

“O sistema imunológico de ‘Lucas’ está tão frágil agora que precisamos limitar a exposição ao mundo exterior, e isso significa que, como família, precisamos fazer isso também. É um grande sacrifício que todos estão fazendo, mas espero que tudo seja melhor quando Lucas melhorar”, conta Lindsay

Devido a grande família, chegou a hora de mudar para uma casa maior – e em vez de procurar duas casas, eles fizeram compras e compraram uma juntos. Eles estão ansiosos para se mudar para a nova casa de uma grande família em breve e aconselhariam outras famílias modernas a considerarem morar juntas também.

-Publicidade-