Mãe confessa que não ama mais filha e faz desabafo: “É difícil criar uma criança”

A mulher usou uma rede social para compartilhar um relato e desabafar para os internautas sobre a sua realidade atual

Resumo da Notícia

  • Uma mãe fez um desabafo nas redes sociais
  • Ela disse que não ama mais a filha
  • Uma internauta enviou uma mensagem de apoio à mulher

Recentemente, uma mãe dos Estados Unidos decidiu desabafar em um post através das redes sociais. Por lá, a anônima contou como se arrepende de ter filhos e sobre não ter certeza se realmente ama a criança.

-Publicidade-

Foi através do Facebook que a mulher abriu o coração e escreveu sobre sua realidade. “Eu me arrependo de ter filhos e ser mãe. Eu ouço o tempo todo de outros pais e até da minha própria mãe, que eles fariam tudo de novo. Eu absolutamente não gostaria de ter a chance de ser mãe novamente, começou afirmando.

“Eu amo minha filha, mas neste momento, parece que eu tenho que fazer isso, ou então vou criar uma criança quebrada. Mas parece que eu já a estraguei. Eu me encolho quando ouço minha melhor amiga contar que eu sou uma boa mãe, porque ela não vê o quanto eu posso ser ruim para ela, tipo, me deixe em paz, eu não me importo com qualquer programa estúpido ou vídeos de dança infantis”.

A mãe estava dormindo
A mãe se sentiu confusa quanto aos sentimentos em relação à filha (Foto: Getty Images)

“É difícil criar uma criança quando sou vista como uma mãe ruim porque eu a faço pegar seus brinquedos e limpar seu quarto, porque o pai dela com certeza não está ajudando com a casa e ela é exatamente como ele. Eu me sinto sobrecarregada. Eu realmente a amo? Eu não sei mais.”, continuou.

Em seguida, a mãe acrescentou que a filha possui dificuldades de aprendizado na escola, e que isso foi mais um motivo para que ela sentisse vergonha da menina. “Tentar fazer com que ela tome o remédio é difícil e não quero lidar com isso. Sinceramente, me sinto envergonhada por ela ainda não conseguir ler além de um nível de 1ª série por estar na 4ª série e que ela está ainda extremamente exigente e isso me faz pensar que fiz algo errado, mas não sei como fazê-la comer outra coisa.

Por fim, ela disse: “Eu tentei subornar, reter comida que ela gosta dela e forçá-la. Nada funcionou e eu sinto que as pessoas em sua escola, particularmente os adultos me julgam porque tudo que eu embrulho para ela comer é junk food”. Muitos internautas decidiram responder o desabafo da mulher, sendo uma pessoa enviou uma mensagem de apoio à ela.

“Eu só queria dizer que você não está sendo um pai ruim por estabelecer limites e pedir responsabilidade para sua filha. É um mundo duro e cruel lá fora e todo mundo precisa ser capaz de exigir alguma disciplina às vezes. Quando eu era criança, eu odiava o quão rigorosos meus pais eram, mas como adulto, eu aprecio isso. Isso me permitiu sobreviver a duas recessões sem acumular dívidas. Minha pontuação de crédito é excelente. Eu sei como manter um pequeno espaço arrumado, como fazer um orçamento e como encontrar ofertas. Todas essas são habilidades incrivelmente úteis e sou grato por elas. Lamento que você esteja passando por tanto sofrimento. Eu sei que deve ser muito difícil. Mas uma coisa, eu acho que você está fazendo certo.”