Mãe conta como foi perder um filho de 16 anos e engravidar dez meses depois: “Viver de novo”

Elaine Delevedove perdeu o primogênito por causa de um tumor no cérebro

Bernardo tinha 16 anos (Foto: reprodução/ Facebook)

Elaine Delevedove tem 39 anos, é casada e mãe de dois filhos. Mas o destino fez com que ela tivesse altos e baixos. Ela perdeu o filho mais velho, Bernardo, de 16 anos para um tumor no cérebro e, devido à perda, sentiu que a vida tinha começado a desmoronar, até que ela descobriu que estava grávida novamente.

-Publicidade-

Segundo a Revista Marie Claire, em 2015, o filho mais velho começou a ter fortes dores de cabeça e vômito. Os pais levaram Bernado para o hospital e, depois de diversos exames, descobriram que ele tinha um pseudo tumor cerebral. Entre os altos e baixos dos tratamentos, o jovem acabou perdendo 90% da visão do olho esquerdo e 60% do direito. Depois de muita luta, a doença regrediu.

Quando finalmente acharam que as coisas estavam melhorando para o filho mais velho, quando m 2017 ele começou a apresentar sinais de que a doença estava voltando. Não desistiram, e voltaram ao tratamento. Chegou, por fim, 2019. Todos da família estavam bem, principalmente Bernardo. Em fevereiro, tiveram que levá-lo as pressas para o hospital.

-Publicidade-

Ele havia tido um AVC, as plaquetas estavam em 19 mil, e descobriram que ele tinha leucemia promielocítica aguda. “E, sem nenhum aviso, sem nenhum sinal, sem nenhum sintoma, nosso menino partiu”, desabafou a mãe. “Sofri como não desejo a ninguém. Era um vazio, um desespero, uma angústia, uma tristeza, uma agitação na alma e no coração tão grande que não parava sequer quando eu dormia”.

Os pais estavam vivendo um luto sem fim, mas reergueram forças para dar carinho e atenção para o filho mais novo, Francisco, que também estava vivendo um momento difícil. A família criou forças para seguirem juntos. Dez meses após a partida de Bernado, Elaine descobriu que estava grávida mais uma vez.

“Porque viver de novo é honrar a memória dele, é compreender que vamos sempre levar ele conosco, que relembrá-lo é honrá-lo, e que o amor nos transcende mesmo que a tristeza continue morando em nós”, contou Elaine.

Leia também: 

Mãe raspa os cabelos para apoiar filha durante tratamento contra o câncer e história da menina vira livro infantil

Mãe descobre câncer durante a gravidez e toma decisão difícil:”Tive que pensar nos meus filhos”

Menina comemora cura do câncer com foto de antes e depois da doença

    -Publicidade-