Mãe de 11 faz filhos usarem camisetas com números para controlá-los: “Única forma”

Joseph Sutton, de 35 anos, e a esposa, Nicole, de 30, não planejavam ter filhos até que tomaram gosto pela coisa. Hoje, o casal conta os truques da família para criar tantas crianças

Resumo da Notícia

  • Um casal que não planejava ter filhos agora tem uma ninhada de onze para chamar de seus.
  • Joseph Sutton, de 35 anos, e a esposa, Nicole, de 30, moram na Inglaterra
  • Para organizar a família a mãe conta que usa vários truques, inclusive dar camisetas com números para os filhos

Um casal que não planejava ter filhos agora tem uma ninhada de onze para chamar de seus. Joseph Sutton, de 35 anos, e a esposa, Nicole, de 30, moram na Inglaterra em uma casa com apenas três quartos que são divididos entre as oito meninas e os três meninos. Para organizar a família a mãe conta que usa vários truques, inclusive dar camisetas com números para os filhos, afinal, nem sempre é fácil distinguir todos eles!

-Publicidade-
O casal não planejava ter filhos (Foto: Reprodução / The Sun)

Por incrível que pareça, engravidar não estava nos planos de Nicole até 2005. Mas depois da primeira, Rhiannan, “os bebês continuaram nascendo”, como explica ao The Sun. A inglesa usava anticoncepcional e disse que só suspeitou da gestação os 4 meses, quando começou a ganhar peso. Depois da primogênita, ela diz ter descoberto que ama ser mãe, o que a fez querer outros filhos.

Mãe e pai trabalham durante o dia e contam que mesmo assim dão conta do errado: “É tudo uma questão de rotina, tudo é organizado na noite anterior, uniformes, escovas de dente, pratos”, explica Nicole. Depois de Rhiannan, hoje com 14 anos, Nicole deu à luz a Lacy, de 12, Mackenzie, de 10, Skylar, de 9, Henley, de 7, os gêmeos Cobi e Parker, de 6, Hadley, de 4, River, de 3, Ocean, de 2 , Marinha, de 5 meses e Hallie, que perdeu a vida logo após o parto.

-Publicidade-
As camisetas são obrigatórias em viagens, diz a mãe (Foto: Reprodução / The Sun)

A família também conta que recebe muitas críticas, mas garante que todas as crianças estão sendo bem cuidadas e que “foi nossa escolha tê-los”. Mesmo com tanto amor, é claro que existe obstáculos. Nicole, por exemplo, diz que desistiu de passar roupa e teve que comprar uma secadora, enquanto cozinhar uma simples refeição envolve a mesma preparação de montar uma ceia de Natal.

Os gastos com uniforme escolar para os 11 filhos pode chegar a 1.500 libras por ano, o equivalente a quase 11.000 reais. Já as compras no supermercado ficam em torno de 1.500 reais por semana, mas os pais garantem que nunca faltou comida na casa. Além disso, Nicole e Joseph usam um microônibus de 17 lugares para transportar a família em viagens, onde o uso de camisetas numeradas é obrigatório por ser a “única forma” de controlar todos.

Os irmãos se dividem em dois quartos (Foto: Reprodução / The Sun)

“Não estamos planejando ter mais, acho que temos o suficiente e Nicole tomou a decisão de que não precisamos mais”, explicou o pai sobre ter mais filhos. Em relação a quarentena com a família, a dupla conta que não foi difícil como muitos esperam. “O isolamento foi ótimo, porque não tivemos que ter tanta rotina e não estamos tendo pressa para sair pela porta.Estamos fazendo churrascos ou dias de cinema preguiçosos, criando memórias especiais, já que nunca teremos esse tempo novamente. Ninguém fica entediado, isso é certo”, finalizaram.

-Publicidade-