Mãe de 5 compra comida a cada seis meses e intriga internautas: “São 95 sacos de batata frita”

Tabitha é uma mãe de Michigan, nos EUA, que viralizou ao mostrar a compra de US$ 3 mil que fez para abastecer os 5 filhos pelos próximos seis meses. Questionada por internautas, ela admitiu que essa é uma prática normal da família – e gerou polêmica

Resumo da Notícia

  • Mãe de 5 gera polêmica ao admitir que só compra comida a cada seis meses
  • Tabitha é uma mãe de Michigan, nos EUA, que viralizou ao mostrar a compra de US$ 3 mil que fez para abastecer os 5 filhos pelos próximos seis meses
  • Questionada por internautas, ela admitiu que essa é uma prática normal da família - e gerou polêmica

Tabitha é uma mãe de 5 filhos em Michigan, nos EUA – e viralizou ao mostrar a compra de US$ 3 mil que fez para abastecer os mantimentos da casa por seis meses. Questionada por internautas sobre o porquê fazer um estoque de um semestre de alimentos, a mãe contou que essa é uma prática comum da família – e gerou polêmica.

-Publicidade-

Em um vídeo publicado no Youtube, Tabitha comentou que prefere frequentar supermercados uma a duas vezes por ano – e, nessas idas, já garantir todos os suprimentos necessários para alimentar a família por meses a fio. Por lá, se explicou:

“Somos uma família de sete pessoas e temos cinco filhos e isso é exatamente o que funciona para nós, nem todo mundo gostaria de fazer essa grande viagem em uma viagem, mas é assim que gostamos de faça”, disse Tabitha. “Esperamos cerca de quatro a seis meses que isso nos dure”.

São milhares de produtos por compra
São milhares de produtos por compra (Foto: Reprodução/ Youtube)

Na filmagem, Tabitha registra montes de alimentos, produtos de limpeza e outros mantimentos. O carregamento total inclui quantidades como 20 pedaços de manteiga e 10 dúzias de ovos; 2 pacotes de macarrão, 95 sacos de batatas fritas, 24 peitos de frango e carne suficiente para fazer pelo menos 15 refeições para a família de sete pessoas.

Tabitha ainda explicou, para os curiosos, que são algumas muitas horas até que toda a comida seja estocada. “Este transporte é como um evento de dia inteiro. Saímos imediatamente quando eles abriram às 10h, agora são 16h e ainda estamos indo. Quando eu terminar de guardar tudo, provavelmente será de noite”.

Mesmo tendo uma grande dispensa em casa, às vezes os mantimentos da família não cabem no local – e Tabitha e o marido são obrigados a estocar alimentos nos corredores e até nos banheiros. Uau!