Mãe de 5 filhos recebe doação de alimentos após passar dificuldades

Emma Frost entrou em prantos com o pacote doado por um desconhecido, que continha comida para a semana toda em meio a uma crise financeira enfrentada pela família

Resumo da Notícia

  • Emma Frost é mãe de cinco filhos na província de Blacon, Chesire, e recebeu de um desconhecido uma doação de um pacote com alimentos para toda a família
  • A mãe ainda conta que a família enfrentava uma dificuldade financeira quando recebeu o pacote, em outubro do ano passado
  • O estranho ainda deixou um bilhete, no qual explicava o gesto e ainda se oferecia para preparar lanches para crianças, equivalente a merenda que receberiam na escola

Emma Frost passava por dificuldades para criar os 5 filhos em outubro de 2020, quando recebeu inesperadamente um gesto de empatia vindo de um desconhecido. Em uma manhã, o filho mais velho da família encontrou na porta da residência um 2 pacotes com comida para a semana toda, junto de 5 pacotes pequenos com lanches para as crianças – equivalentes ao que receberiam na merenda escolar. O kit vinha ainda acompanhado de um bilhete, que confirmava a doação: “Um presente da minha família para a sua”.

-Publicidade-

Em entrevista ao Daily Mail, a mãe conta que o gesto inesperado lhe rendeu lágrimas, e emocionou toda a família: “Eu gostaria de agradecer do fundo do meu coração. Esse tipo de ação é muito importante e mostra como ainda existem pessoas boas no mundo”.

O bilhete foi deixado junto das doações (Foto: Reprodução / Chesire LIVE)

O bilhete que acompanhava o gesto foi emocionante. “Eu fiquei chocada”, comentou Emma “Quando eu li o bilhete, entrei em prantos. Foi totalmente inesperado.” E, no papel, o desconhecido relata: “Oi Emma! Estou fazendo doações de comida pela comunidade, e alguém anotou o seu nome para receber uma. Também estou fazendo pacotes com lanches para as crianças de segunda a sexta. Caso você não queira receber esses pacotes, me envie uma mensagem. Senão, os deixarei na sua porta entre 10h30 e 12h. Não precisa vir buscar – eu deixo na porta, bato e vou embora!”.

O evento ocorreu em outubro de 2020, quando foi vetado o projeto que daria continuidade à distribuição de merendas escolares para as crianças durante o isolamento social provocado pelo coronavírus. Emma, na época, foi contra a medida – que prejudicaria milhares de famílias que dependiam dessa refeição. “Eu acho que o governo tomou a decisão errada, já que existem famílias em situações ainda piores do que a nossa. Essa ação seria de muita ajuda”. Contudo, a mãe mais uma vez agradeceu ao estranho, que veio em ótima hora: “Estamos nos isolando nessa semana pois um tio da família testou positivo para a covid-19. “, declarou.