Mãe de 8 que está grávida de gêmeos desabafa: “Não imaginava a minha vida desse jeito”

Mariana Arasaki, de 36 anos, sempre teve uma família grande, enquanto o marido, Carlos, é filho único e desejou ter mais de um filho

Resumo da Notícia

  • Mãe de 8 filhos está grávida de gêmeos;
  • Mariana Akasaki contou em entrevista que sempre quis ter uma família grande, assim como o marido Carlos;
  • Ela desabafou sobre críticas que recebe diariamente em público ou na internet.

Mariana Arasaki, de 36 anos, sempre desejou ter uma grande família. Mas, quando jovem, não imaginou o tamanho que sua família poderia chegar: hoje, mãe de 8 filhos, a paulista está esperando gêmeos. Em entrevista ao Universa, ela contou os desafios de ser mãe de oito crianças tão diferentes e contou um pouco de sua rotina.

-Publicidade-

A mãe trancou a faculdade de Direito quando engravidou da primeira filha, Maria Philomena, de 10 anos. Após Maria, Akasaki teve uma gravidez atrás da outra, comentando que o menor intervalo entre o nascimento de um e a gravidez de outro  foi de três meses. Todos os filhos são frutos do relacionamento com Carlos, que atua como advogado.

“Se naquela época me perguntassem: ‘Mari, você teria dez filhos?’, não sei o que eu responderia. Não imaginava a minha vida desse jeito, mas as crianças foram chegando e preenchendo nossa vida de tal forma que quisemos ter mais e mais”, contou ela.

Mariana Akasaki e seu marido, Carlos, na mesa de jantar com seus oito filhos
Mariana Akasaki e seu marido, Carlos, na mesa de jantar com seus oito filhos (Foto: Reprodução UOL/Pryscilla K)

A paulistana, que conviveu com seis irmãos e sempre precisou dividir tudo, teve a realidade que seu marido, Carlos, sempre desejou, já que era filho único. “Ele tinha aquela coisa de ter que brincar sozinho, jogando a bola na parede, sabe? Então também queria ter uma família maior”, explicou.

Para Mariana, a vida é totalmente diferente quando não se têm filhos. “A gente é mais egoísta, se coloca sempre em primeiro lugar, mas conforme as crianças vão chegando, as prioridades mudam e elas ocupam o primeiro lugar. O tempo que tenho livre, para mim mesma, é mínimo, mas essa foi uma decisão minha e eu sou muito feliz com ela”, completou.

Críticas e ofensas

As críticas e comentários ofensivos por ter muitos filhos infelizmente são comuns no dia a dia de Mariana. Situações desagradáveis já aconteceram, inclusive, na frente das crianças. Ela desabafa que, mesmo com o apoio de babás e da avó dos filhos, sua mãe, tem dores como toda mãe.

“As pessoas me param no shopping com as crianças e falam, de forma muito grosseira, coisas como: ‘Para que tudo isso’ ou ‘agora chega né?’. Gente que eu nem conheço. E na frente das crianças. Eu acabo relevando e tiro logo as crianças dali, para não constrangê-las, porque a pessoa que acha um absurdo ter dez filhos vai continuar achando”.

Nos comentários das publicações em seu Instagram, que compartilha diariamente a vida com as crianças, Mari também recebe perguntas indelicadas constantemente. “Procuro não ficar lendo, porque me faz mal e faz mal para os bebês que estão na minha barriga, então evito qualquer coisa que possa me deixar triste”, afirmou.