Mãe de Eliza Samudio pede ajuda financeira na internet após marido entrar em estado vegetativo

Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, passou a pedir ajuda financeira na internet após o estado de saúde de seu marido se agravar. Segundo especialista, o Hernane Silva encontra-se em estado vegetativo após sofrer várias paradas cardiorrespiratórias

Resumo da Notícia

  • A mãe de Eliza Samudio pede ajuda financeira na internet, após o marido passar por problemas graves de saúde
  • É o Hernane, esposo de Sônia Moura, que sustenta toda a família
  • O homem sofreu inúmeras paradas cardiorrespiratórias

A Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, publicou em suas redes sociais sobre a grave situação de sua família. De acordo com ela, desde o início de abril de 2022, o seu marido, o Hernane Silva de Moura (52) – está em estado vegetativo em decorrência de inúmeras paradas cardiorrespiratórias. Visto que, o Hernane é provedor financeiro da família, a Sônia decidiu pedir ajuda para custear os gastos domésticos. Além disso, a avô se preocupa como manterá o neto, o filho de Eliza Samudio.

-Publicidade-

Segundo a Sônia, o Hernane é visto pela família como o pai de criação de Bruninho. Em entrevista ao g1, a avô contou que a criança completou 12 anos sem nunca ter recebido pensão do pai, o qual também nunca teve contato.

Eliza Samudio e goleiro Bruno
Eliza Samudio e goleiro Bruno (Foto: Reprodução/G1/Arquivo pessoal)

“A referência de pai para Bruninho é só o Hernane, porque ele não tem outro pai. Esse era o pai que era provedor, que levava ele para os treinos, jogos. É o pai que sempre saía com ele, levava ele na pescaria quando ele queria pescar. Era companheiro, amigo”, disse Sônia.

Estado de saúde

O estado de saúde de Hernane é visto pelos médicos como vegetativo. O padrasto de Eliza teve a primeira parada cardíaca no dia 1 de março de 2022. Segundo Sônia, a reanimação durou entorno de 40 minutos. “Ele voltou, mas quando chegou ao hospital teve uma nova parada de 20 minutos (…) Ele ficou nove dias entubado, depois começaram a fazer a retirada da sedação, ele começou a interagir com a gente e depois ele foi mandado para o quarto, na quarta-feira [30 de março]”, explica.

Porém, dois dias depois ele teve uma nova parada respiratória, fazendo que a falta de oxigênio no cérebro tivesse consequências irreparáveis. Ainda em entrevista o g1, a Santa Casa de Campo Grande, hospital onde Hernane está, disse que o homem tem graves sequelas neurológicas.  “Paciente segue internado na ala de Cuidados Paliativos devido às sequelas após uma parada cardíaca com ressuscitação bem sucedida. O paciente está internado no Cuidados Paliativos a pedido da família que foi informada das sequelas que ele adquiriu após ter tido a parada cardíaca e que as mesmas são irreversíveis)

Pedido de ajuda

Com a situação grave de Hernane, responsável pela vida financeira da família, a Sônia passou a pedir ajuda na internet. “Não é fácil pedir ajuda, mas em meio à dor e sem recursos, pois como todo trabalhador honesto deste país, não tínhamos nenhum recurso guardado, o mínimo que havia foi gasto nestes 45 dias, apelo para quem puder contribuir”, disse Sônia no post da vaquinha online.

“Além dele [Hernane] ser o meu companheiro por 27 anos, que é uma vida, tem a questão da mãe dele também que mexe muito comigo. Ela já é uma senhora de 80 anos e agora está passando por esse período de dor, é difícil (…) Eu já passei por isso, sei como é”, finaliza.