Mãe de estudante ameaça diretora de escola com arma de brinquedo

A mãe de um aluno ameaçou a diretora de uma escola municipal, com uma arma de brinquedo. O caso aconteceu em Taubaté, interior da cidade de São Paulo

Resumo da Notícia

  • A mãe de um aluno ameaçou a diretora de uma escola municipal, localizada em Taubaté, interior de São Paulo
  • A Prefeitura acredita que a ameaça tenha decorrido após a mãe receber a visita do Conselho Tutelar em sua casa. Acreditando que a escola a fez uma denúncia sobre ela e o aluno
  • A diretora fez um boletim de ocorrência

Nesta segunda-feira, 25 de abril, uma mulher foi presa pela GCM (Guarda Civil Municipal) após ameaçar a diretora de uma escola municipal com uma arma falsa. De acordo com o jornal O Vale, o caso aconteceu na cidade de Taubaté, interior de São Paulo. Ainda de acordo com o portal jornalístico, a Prefeitura da cidade não informou qual escola aconteceu a ameaça.

-Publicidade-

A Secretaria de Educação disse que a mãe de um aluno abordou a diretora com a uma arma de brinquedo, em seguida, fez ameaças contra a mulher. O que motivou a situação, foi a mãe ter recebido a visita do conselho tutelar em sua casa. Pensando que teria sido alvo de uma denúncia da diretora da escola.

Ao notar a situação, os funcionários da escola entraram em contato com a GCM e com a Polícia Militar. Ao chegarem no local, os profissionais contataram que a arma era falsa. A mãe do aluno foi direcionada para a delegacia e a diretora da escola registrou um boletim de ocorrência.

Mãe de aluno ameaça diretora de escola com arma de brinquedo
Mãe de aluno ameaça diretora de escola com arma de brinquedo (Foto: Reprodução / Getty Images)

Em nota à Band Vale, a Prefeitura de Taubaté esclareceu sobre o acontecimento: “A Prefeitura Municipal de Taubaté, por meio da secretaria de Educação, informa que na data de 25 de Abril, uma mãe de um aluno da rede municipal de ensino, abordou a diretora da unidade com uma arma de brinquedo, e realizou ameaças contra a mesma. A mulher em questão, recebeu a visita do conselho tutelar em sua casa, e acreditou ter sido uma denúncia da diretora da escola, fato este, que motivou a ameaça”.

“Os funcionários da unidade, prontamente entraram em contato com a GCM e com a Polícia, que estiveram no local, e constataram que realmente se tratava de uma arma falsa. A mulher foi encaminhada para a delegacia, e a diretora da escola registrou um boletim de ocorrência”, finalizou.