Mãe de Marília Mendonça relata dor ao receber roupa que a filha usava no acidente: “Sangrando”

Ela pegou a roupa durante esta semana e comentou como foi ter contato com o vestido

Resumo da Notícia

  • Mãe de Marília Mendonça fala sobre reação que teve ao receber roupa que filha usava durante acidente
  • Ela pegou a roupa durante esta semana e comentou como foi ter contato com o vestido
  • As roupas não foram lavadas antes de serem enviadas a ela

Nesta semana, a família de Marília Mendonça recebeu o vestido que ela usava quando morreu. A cantora estava usando um vestido quadriculado branco e preto no dia do acidente aéreo. Na última quinta-feira, 10 de fevereiro, a empresária deu uma declaração sobre o momento em que pegou as roupas na mão pela primeira vez.

-Publicidade-

“Não tem dor maior do que a de enterrar um filho, você é mutilado sem anestesia e fica sangrando até morrer, ou se apega muito com Deus pra continuar a missão pela qual ele te designou”, escreveu ela, em uma publicação nas redes sociais, desabafando sobre o momento.

Mãe de Marília Mendonça fala sobre reação que teve ao receber roupa que filha usava durante acidente
Mãe de Marília Mendonça fala sobre reação que teve ao receber roupa que filha usava durante acidente (Foto: Reprodução / Instagram)

De acordo com o colunista Leo Dias, do site Metrópoles, a roupa não foi lavada desde o ocorrido e foi entregue diretamente para a mãe, Ruth Moreira, pelo advogado da família. Ainda segundo informações vindas dele, a família de Marília Mendonça pretende criar um museu  para eternizar a memória da estrela da música.

Saudade da filha

No último sábado, 5 de fevereiro, Ruth Moreira usou os stories do Instagram para desabafar sobre a saudade da filha após completar 3 meses de seu falecimento.

Ruth publicou um stories no Instagram
Ruth publicou um stories no Instagram (Foto: Reprodução/ Instagram)

Na rede social, Ruth comentou, “Boa tarde. Eu não sabia que doía tanto, uma mesa num canto, uma casa, um jardim. Se eu soubesse o quanto dói a vida, essa dor tão doída não doía assim”. Por causa disso, completou: “Agora resta uma mesa na sala e hoje ninguém mais fala do seu camarim. Aqui na mesa na sala e hoje ninguém mais fala do seu camarim. Aqui na mesa está faltando ela, é, a saudade dela está doendo em mim”, finalizou.