Mãe de menino autista fica emocionada com atitude de criança em parque: “Fez o dia da família”

Rebecca Green diz ter ficado emocionada ao ver criança interagindo com seu filho e conta que quase ninguém toma essa atitude

Resumo da Notícia

  • Mãe de menino autista se emociona com atitude gentil realizada por outra criança em parque
  • Publicando sobre a aproximação do garoto de 10 anos de seu filho de 7, que não se comunica verbalmente, ela destaca a importância da gentileza
  • Rebecca Green fala sobre seu filho ser excluído por outras pessoas

Diante de tantas ações maldosas que acontecem ao redor do mundo, uma atitude gentil emocionou Rebecca Green, a mãe de Karne, um menino autista de 7 anos.

-Publicidade-

Ambos estavam em um parque, quando ele se aproximou de outras crianças que ali brincavam. Por não utilizar a linguagem verbal, o filho de Green tem dificuldade de se comunicar com as outras pessoas e ao ver que um dos garotos tinha cumprimentado amigavelmente o filho e que começara a conversar com ele, aquilo a deixou extremamente feliz.

Rebecca Green se emociona com atitude gentil de garoto de 10 anos com seu filho autista (Foto: reprodução/Liverpool ECHO)
Rebecca Green se emociona com atitude gentil de garoto de 10 anos com seu filho autista (Foto: reprodução/Liverpool ECHO)

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

“Ele fez o dia da família”, firma a mãe de Karne, contando também sobre a cena que observou ao Liverpool Echo: “Karne terminou na rotatória do parque e Alistair se aproximou e se apresentou. Ele deve ter percebido que não era verbal, mas ainda era tão legal. As pessoas simplesmente o ignoram porque ele não fala e por causa dos barulhos que ele faz.”

Rebecca decidiu que precisava contar sobre a gentileza da criança nas redes sociais, fazendo publicações em vários grupos locais. Uma delas chegou à mãe de Alistair, que fez um comentário, agradecendo que ela tenha compartilhado a mensagem.

“Eu disse a Alistair obrigada porque ninguém nunca fez nada assim. É muito bom para ele ser reconhecido. Ele é igual a qualquer garoto. Ele só não pode falar, então não pode verbalizar o que está pensando”, disse Green, destacando a importância do respeito e da inclusão.