Mãe de Sérgio Hondjakoff diz que acredita na vitória do filho na luta contra as drogas

O ator Sérgio Hondjakoff iniciou o tratamento de reabilitação em Sorocaba. Ele se internou de forma voluntária e a mãe acredita que esse será a última vez em que ele precisará de tratamento

Resumo da Notícia

  • Sérgio Hondjakoff procurou tratamento em clínica no interior de São Paulo contra as drogas
  • A mãe Carmen Lucia tem esperança que ele vencerá o vício
  • O cantor Rafael Ilha convenceu Sérgio a procurar ajuda depois de ligação

No último sábado, dia 11 de junho, o ex-ator da série “Malhação” Sérgio Hondjakoff iniciou o tratamento de reabilitação de forma voluntária em uma clínica localizada em Sorocaba, interior de São Paulo. O diretor da clínica, Denis Marcelo de Carvalho, contou ao G1 o tratamento deve durar em média de três a quatro meses: “Tudo depende da evolução de cada paciente”.

-Publicidade-
Sérgio Hondjakoff chegou a pedir desculpas para o pai depois da live em que o ameaçou
Sérgio Hondjakoff chegou a pedir desculpas para o pai depois da live em que o ameaçou (Foto: Reprodução/G1)

A mãe de Sérgio, Carmen Lucia, disse ao portal que sente esperanças no tratamento do filho dessa vez: “Meu filho é dependente químico há 16 anos e já teve 10 internações em clínicas. Dessa vez, vai dar certo, e se Deus quiser, será a última internação do meu filho. Ele vai vencer, assim como muitos já venceram esse vício maligno”.

Carmen aproveitou o momento para agradecer o ex-integrante do grupo Polegar, Rafael Ilha, e disse que o músico é um dos responsáveis pela internação do filho: “Ele socorreu meu filho e a minha família quando a gente mais precisa e conseguiu uma clínica”.

Carmen Lucia tem esperança no tratamento do filho Sérgio Hondjakoff
Carmen Lucia tem esperança no tratamento do filho Sérgio Hondjakoff (Foto: Reprodução/ G1/ Arquivo pessoal)

O cantor alegou que, após ver o vídeo da ameaça que Sérgio Hondjakoff fez, ele entrou em contato com Carmen Lucia e depois conseguiu convencer Sérgio a procurar tratamento por meio de uma longa ligação. Rafael Ilha também já precisou de tratamento e disse que viu aquele momento como um pedido de socorro: “Quem nunca passou por isso, tem uma visão quando vê aquele vídeo. Para a gente que passou, para as famílias que passam por isso, é uma outra visão. Eu vi como um pedido de socorro também.”