Mãe de três é criticada pela quantidade de horas que trabalha por dia

Keeley Leigh é mãe de três crianças e, após postar vídeo mostrando sua rotina de trabalho e cuidado com os filhos, foi fortemente criticada pela duração de sua jornada de trabalho

Resumo da Notícia

  • Keeley Leigh desabafa sobre criticas que recebeu em vídeo
  • A mãe de três crianças afirma que passa a maior parte do dia cuidando dos filhos
  • Ela trabalha 10 horas semanais como faxineira e conta com o pai das crianças para cuidar dos filhos enquanto trabalha

Keeley Leigh, mãe de três crianças está sendo atacada na internet após divulgar que trabalha duas horas por dia e no resto do tempo, cuida dos filhos. A mãe conta que não tem a opção de trabalhar integral, mas faz o seu melhor. Keeley trabalha como faxineira e afirma que de seu salário vai para as despesas da casa.

-Publicidade-

Respondendo os comentários em sua conta no Tiktok, Leigh fala que fica feliz por quem pode fazer jornadas de trabalho mais longas, mas em sua situação, ela só pode trabalhar 10 horas semanais. “Trabalho duas horas por dia, não por semana, e é à noite quando o pai deles assume”, conta.

Keeley Leigh foi criticada por trabalhar duas horas por dia
Keeley Leigh foi criticada por trabalhar duas horas por dia (FOTO: Reprodução / TikTok / @KeeleyLeightxo)

“Ele cuida (das crianças) quando vou trabalhar, e isso funciona para nós, obviamente. É tudo o que podemos fazer no momento, não temos escolha”, acrescentou a mãe. Keeley teve seu primeiro filho com 14 anos e atualmente, possui dois bebês, um de quatro e outro de dois anos e uma criança com seis. Ainda nos comentários de seu vídeo, que atingiu 68,2 mil visualizações, a mãe teve apoio de outras faxineiras, que contam suas experiências de trabalhar e cuidar dos filhos.

Recentemente, outra mãe foi criticada nas redes. Jaclyn Gibson, mãe de duas crianças, conhecida no Instagram por compartilhar dicas sobre maternidade, casamento e estilo de vida viralizou na internet após postar um vídeo em que o marido é visto chorando enquanto passeava. O vídeo rapidamente bateu 11 milhões de visualizações, com pessoas criticando a atitude de Jaclyn.