Mãe decide dar uma irmã para a filha após saber que teria pouco tempo de vida

Catherine Reeve foi diagnosticada com câncer cerebral e terá apenas mais cinco anos de vida

Resumo da Notícia

  • Mãe decidiu dar uma irmã para a filha
  • Ela tem pouco tempo de vida
  • Catherine foi diagnosticada com um tumor cerebral

A britânica Catherine Reeve, de 39 anos, decidiu dar uma irmã a filha após saber que tinha pouco tempo de vida. A mãe descobriu que estava com um tumor cerebral agressivo e que poderia viver por somente mais cinco anos.

-Publicidade-

“Rose adora sua irmãzinha e quer abraçá-la o tempo todo – eu queria desesperadamente dar a ela o presente mais precioso, que é um irmão, para que ela não ficasse sozinha quando eu me for. A Skye trouxe tanta alegria… O câncer te rouba tantas coisas, por que deveria roubar também o sonho de completar sua família?”, disse ela ao The Sun. 

Mãe dá irmã para a filha mesmo com pouco tempo de vida
Mãe dá irmã para a filha mesmo com pouco tempo de vida (Foto: Reprodução / The Sun)

Ela e o marido Steve, de 44 anos, já estavam tentando ter outro bebê. No entanto, acabaram deixando os planos de lado após receber o diagnóstico da doença. “Não tínhamos certeza de que eu poderia engravidar depois da quimioterapia, então, nos sentimos ainda mais abençoados por ter Skye”, relembrou. Mas o tempo passou e ela decidiu dar esse presente a filha, Rose.

“Sinto um pouco de culpa porque eu trouxe outra criança ao mundo, sabendo que não viverei para vê-la crescer e vou deixá-la sem mãe. Não sei por quanto tempo estarei por aqui e tenho alguns momentos sombrios pensando nisso. Mas tento não insistir porque, se fico consumida pelo medo do futuro, não consigo aproveitar o tempo precioso que temos agora. Sempre tentei viver o agora e tive que melhorar muito nisso desde o meu diagnóstico. Skye [a caçula] é muito amada e sei que continuará sendo quando não estiver mais aqui”, lamentou.