Mãe decide fazer festa para o filho e amigos mas sem celular: “Foi realmente incrível”

A mãe e o pai de Luiz decidiram fazer uma festa apenas com alguns amigos do filho mas tinha uma regra: sem celular!

Resumo da Notícia

  • Uma mãe resolveu fazer um encontro do filho com os amigos da escola
  • Porém essa festa tinha um preço: ficar sem celular
  • A mãe se surpreendeu em como os meninos se saíram durante a festa

A mãe de um adolescente de 13 anos chamado Luis, resolveu fazer um encontro na casa dela convidando os amigos do filho, após ficarem um bom tempo sem se ver por conta das aulas remotas. Mas a festa tinha uma regra: sem celulares! E para aqueles que descumprissem, teria um castigo.

-Publicidade-

A mãe contou que o intuito era fazer com que os meninos tivessem uma conexão de verdade, interagissem e conversassem sem o obstáculo do celular. “Eu queria reaproximar os amigos da sala de aula, mas sabia que o celular poderia impedir que interagissem em grande parte do tempo que ficariam juntos.

Então tive a ideia de recolher os celulares quando todos chegassem. Não falei nada para ninguém, exceto às mães de três crianças, que riram muito, gostaram da ideia, mas ficaram em dúvida se isso seria possível. Uma mãe sugeriu ter castigo para quem pegasse o celular. E mais, sugeriu que o castigo fosse dançar porque o seu filho morre de vergonha de dançar.” contou a mãe.

A mãe achou que na hora que os meninos chegassem eles iriam conversar um pouco e ficar direto no celular, mas ela se surpreendeu ao ver que no começo ficaram meio receosos que darem o celular mas logo se acostumaram com a ideia. Alguns até tentaram pegar o celular de volta, mas a mãe lembrou eles que tinha um castigo para quem tentasse pegar.

A mãe contou que eles brincaram de várias coisas, skate, bola, foram andar na rua, saíram na chuva, riam, brincavam, ouviam música, estavam sempre mudando de brincadeira. Um deles pegou o celular escondido, mas a mãe decidiu dar uma chance e fingir que não viu nada, só para não dar o castigo.

A mãe recolheu os celulares e colocou em uma caixa
A mãe recolheu os celulares e colocou em uma caixa (Foto: Reprodução/ Assis City)

Mário David, pai de Luis, sugeriu a mãe de darem uma folga para eles e liberar o celular um pouco, a mãe por sua vez aceitou porém o tempo foi cronometrado, apenas 10 minutos. Apenas dois foram correndo aproveitar para usar o telefone, os outros 4 preferiram ficar sem.

A festa foi um sucesso, tinha bolo, refrigerante, salgadinho, tudo que uma festa tem direito. A mãe ficou surpresa e não imaginava que seria tão boa assim. “Eu não tinha ideia de como agiriam. Achei que não conseguiriam ficar sem o celular assim como achei que fossem comer e beber muito, mas nada disso teve importância. Eles queriam mesmo é estar juntos. O celular ficou em segundo plano, ou em plano nenhum. E essa era a nossa proposta. Reunir os amigos depois de tanto tempo, mas sem celular. Foi muito interessante e bacana como se comportaram”, diz o pai de Luis.

Os meninos gostaram tanto que não queriam ir embora, pediram para dormir na casa do amigo, e algumas mães até sugeriram fazer um rodízio uma vez por semana desse jeito. A mãe ficou muito feliz, e orgulhosa de como os meninos se saíram, e segundo ela isso faz com que voltem para o mundo real.