Mãe desabafa após ser criticada ao furar orelha da filha de 2 meses: “Isso é nojento”

Levi Connell, tem 24 anos e foi surpreendida pelos comentários negativos da própria família e de amigos ao decidir colocar brincos na pequena Willow

Resumo da Notícia

  • Uma mãe foi acusada de abuso infantil depois de furar as orelhas da filha de dois meses
  • Levi Connell, de Leeds, na Inglaterra, tem 24 anos e foi surpreendida pelas críticas da própria família e de amigos
  • A reação negativa veio depois que a jovem publicou uma foto da bebê nas redes sociais

Uma mãe foi acusada de abuso infantil depois de furar as orelhas da filha de dois meses. Levi Connell, de Leeds, na Inglaterra, tem 24 anos e foi surpreendida pelas críticas da própria família e de amigos ao decidir colocar brincos na pequena Willow. A reação negativa veio depois que a jovem publicou uma foto da bebê nas redes sociais.

-Publicidade-
A mãe não esperava pelas críticas (Foto: Reprodução /Facebook)

“Quando decidi fazer isso, recebi críticas de todos, incluindo minha mãe e meu parceiro”, falou a mãe em entrevista ao Mirror. Levi foi chamada de “nojenta” nos comentários e o ato foi classificado como “abuso infantil’. “Outras pessoas disseram que ela era muito jovem, mas eu só olho para ela agora e ela é perfeita”, diz.

A bebê tem 2 meses (Foto: Reprodução /Facebook)

A inglesa também conta que a reação geral a assustou, já que ela própria teve as orelhas furadas quando tinha 10 semanas de vida – o que não impediu a sua mãe de criticá-la. “Quando ficar mais velha ela pode decidir se quer ou não os brincos. Se ela quiser, já estará pronto”, explica.

“Já vi comentários no Facebook de pessoas dizendo que é abuso infantil e isso é nojento – você não pode dizer isso sobre alguém”, desabafou. A mãe também afirmou que o furo foi feito respeitando o ritmo da bebê. “Não houve pressa e agora ela não brinca mais com as orelhas”, completou.