Família

Mãe desabafa depois de descobrir que amante do ex-marido quer ter custódia da filha do casal

O pai da criança em questão já faleceu

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

A mãe não quer firmar nenhum acordo com a madrasta (Foto/Ilustrativa Getty Images)

Uma mãe está deixando a Internet revoltada depois de contar que a amante do ex-marido, já falecido, pediu para dividir a guarda da filha dela. A amante quer compartilhar a guarda da menina, filha do casal, como se fosse oficialmente madrasta da criança.

Parece um pouco confuso, mas ela explicou melhor no depoimento anônimo que fez na rede social Reddit. Ela se sente dividia entre fazer com que a filha se sinta amada por mais uma pessoa e com o desconforto de ter a amante do marido com direitos sobre a filha dela.

“Meu ex-marido me traiu com uma mulher que chamamos de Violet. Isso aconteceu inúmeras vezes antes que eu finalmente o confrontasse e ele admitisse que eles estavam apaixonados, e que eles queriam ficar juntos, mas por causa de nossa filha, ele se sentiu obrigado a mim. Terminamos nosso casamento e dividimos a custódia de nossa filha”, começa.

“Violet e meu ex nunca se casaram, mas ela se tornou praticamente uma figura de madrasta na vida de minha filha (eles moravam juntos), a ponto de eu saber que Violet a ama como uma filha. Minha filha ter muitas pessoas que a ama é uma coisa boa”.

“Há 4 anos atrás, meu ex-marido faleceu quando minha filha tinha 7 anos. Violet ao lado dela foi uma grande ajuda. Apesar do constrangimento e eu realmente não querendo estar perto dessa mulher, eu segurei firme para o bem da minha filha. Fizemos algumas atividades juntos e ela permaneceu na vida da minha filha.

O questionamento

“Agora minha filha tem 11 anos. Recentemente, recebi uma oferta de emprego fora do estado. Eu tenho muito mais família naquela área e é uma oferta mais lucrativa. Eu sei que vai ser um ajuste para a minha filha, mas ela está animada para se mudar e fazer novos amigos.

“Especialmente como ela vai estar começando o ensino médio de qualquer maneira, então ela estaria começando de novo em uma nova escola. Eu pretendo trazê-la de volta em alguns feriados ou algumas datas aleatórias”.

“Quando eu disse isso a Violet, ela perguntou se eu estaria disposta a fazer uma espécie de acordo de custódia. Ela quer ficar com a minha filha um fim de semana por mês (ela vai buscá-la) e por algumas semanas todo verão. Eu disse que não”.

“Disse que nós voltaríamos algumas vezes para visitas. Ela disse que eu não entendi o quão próxima elas se tornaram. E eu lembrei que, embora aprecie isso, não quero concordar com nada permanente. Ela ficou muito magoada e disse que isso não é o que meu ex queria. Estou sendo um idiota aqui?”

As respostas 

A maioria das pessoas está achando que Violet está passando dos limites e tentaram acalmar a mãe dividida. “Não coloque nada por escrito dando a alguém a custódia de sua filha. Ela ainda pode fazer parte da vida de sua filha. Ela não precisa de um cronograma definido. Ela está extrapolando até mesmo para pedir”, disse um.

“Violet não está pedindo muito em termos de acordos de custódia. Para o bem de sua filha, eu iria fazer o acordo. Apenas certifique-se de que está escrito para que você não tenha problemas legais na linha”, aconselhou outro.

Leia também: 

Madrasta agride criança e mãe desabafa: “Os médicos disseram que ele não iria resistir” 

Criança de 6 anos tem cabelo pintado pela madrasta sem autorização da mãe 

Madrasta diz não querer a enteada no casamento: “Estou casando com ele, não com o monstrinho”