Mãe desabafa sobre filha de 19 anos ter engravidado: “Sinto que falhei com ela”

Uma mãe devastada compartilhou sua frustração depois de descobrir que a filha de 19 anos está grávida

Resumo da Notícia

  • Uma mãe desabafou online
  • A mulher contou que a filha de 19 anos ficou grávida
  • Ela não queria que a filha passasse pelo o que ela passou

A futura avó de 37 anos compartilhou a história no fórum ‘Mumsnet’, onde explicou que sente que acabou de recuperar sua liberdade depois de ter uma filha aos 18 anos. Ela acreditava que a rotina e as coisas seriam melhores, porém com a graviodez da filha tudo vai mudar.

-Publicidade-

”Ela quer ficar com o bebê, mas onde diabos vamos colocá-lo!? Ela quer ficar em casa nos primeiros meses e eu não quero que ela tenha que sair, mas o que vamos fazer quando não tivermos espaço onde moramos!?”, desabafou a mãe.  ”Está me fazendo sentir tão m****, como se eu já estivesse sendo uma m**** de avó e mãe.”

A mãe então explicou que, como ela trabalha em período integral, ela não ‘queria ficar acordada a noite toda com um bebê gritando’. “Nunca tive mais filhos porque achei tão traumático ser uma mãe jovem, solteira e solitária. Estou tão triste que ela não queira fazer mais com sua vida, nunca quis que ela cometesse os mesmos erros que eu, e sinto que falhei com ela”, escreveu ela.

A mãe não queria que a filha cometesse os mesmos erros que ela
A mãe não queria que a filha cometesse os mesmos erros que ela (Foto: Getty Image)

”Fiquei perguntando se ela estava usando anticoncepcional, ao que me disse ‘sim, vou resolver isso’… Eu deveria ter sido mais insistente.” A mulher de 37 anos também revelou que sua mãe havia falecido há uma semana e ela estava se sentindo “particularmente sobrecarregada” com as notícias recentes e não sabia o que fazer.

Todos os leitores pareciam ter ficado do lado dela, com um escrevendo: “Você sabe que não precisa deixar ela e o bebê morar com você? Pode não ser a coisa mais fácil, mas ela não tem 15 anos, ela tem 19 e é capaz de cuidar de si mesma. Eu tive meu primeiro aos 19 anos, saí de casa e continuei com isso”, explicou a internauta.

Outra pessoa concordou, comentando: “Eu engravidei aos 17 anos e realmente não sabia o que fazer. Minha mãe deixou claro que viver com ela não seria uma opção (não de uma maneira cruel) e que eu deveria procurar ajuda, apoio e benefícios. Ela também deixou claro que o aborto era uma escolha decente e gentilmente me encorajou. Eu tive uma queda mas nunca me arrependi.”.

Outra pessoa recomendou: “Sente-se e explique que ela precisa começar a caçar apartamentos agora, ela vai precisar de um emprego e de uma babá e não vai ser você.”