Mãe desabafa sobre psicose pós-parto: “Tentei matar meu marido e minha filha recém-nascida”

Laura começou a ter alucinações quinze dias após o nascimento da primeira filha

Laura, mãe de Olivia, foi diagnosticada com psicose pós-parto (Foto: Reprodução / The Daily Mail / Channel 4)

Uma mãe fez um relato emocionante sobre ser diagnosticada com psicose pós-parto, algo que quase destruiu sua vida e a vida de sua família. Em entrevista ao Channel 4, Laura explica como ela quase causou um acidente que poderia matar seu marido Dan e a filha recém-nascida, Olivia, após ter pensamentos e alucinações.

Laura conta que, antes de ser diagnosticada com psicose pós-parto, ela nunca teve nenhum problema com sua saúde mental. Quinze dias após o nascimento da primeira filha, Olivia, ela passava muito tempo sem dormir e lutava muito para conseguir amamentar. “Eu não sentia sono, mas chegou ao ponto em que eu fiquei maníaca e não queria dormir. Comecei a ter alucinações e pesadelos.”, relembra. “A primeira alucinação que tive foi Olivia sendo molestada. Tive três sonhos como esse e chegou ao ponto em que não queria ir para a cama”.

A privação de sono piorou e como seu marido conseguia dormir, Laura começou a ficar ressentida. “Comecei a ficar agressiva com ele, era uma noite de sexta-feira e, na manhã de domingo, eu estava acordada há 40 horas e passava esse tempo todo limpando a casa, fiquei obcecada por limpeza”, disse.

Tudo aconteceu quinze dias após o nascimento de Olivia, primeira filha de Laura (Foto: Reprodução / The Daily Mail / Channel 4)

Nesse mesmo dia, a família foi viajar para a casa de um amigo. Foi quando Laura tentou se matar e matar o marido e a filha. “Dan estava dirigindo, mas na minha cabeça ele estava quase prestes a adormecer, então pedi para ele parar e disse que eu ia dirigir”, ela conta. “Sentei no banco do motorista e comecei a chorar, dizendo que tive alucinações. Fiquei muito chateada porque ele não me confortou, comecei a ficar com muita raiva e comecei a acelerar o carro”.

O marido de Laura começou a gritar e implorar para que ela parasse de correr com o carro, enquanto Laura acelerava em direção a um muro. Como se fosse um milagre, Laura diminuiu a velocidade do carro até que ele parasse. Dan levou a esposa para uma clínica psiquiátrica, na qual ela foi diagnosticada com psicose pós-parto.

Laura ficou internada durante 6 semanas, recebendo um medicamento anti-psicótico. Ela decidiu compartilhar seu relato para que outras mães soubessem que isso pode acontecer. “Ainda me sinto culpada, eu poderia ter destruído minha família inteira. Isso nos fez mais fortes, passar por isso e depois superar é inacreditável”, finaliza Laura.

Leia também:

Mãe conta como superou a depressão pós-parto duas vezes e o relato é emocionante

Mãe sofre psicose pós-parto e faz relato emocionante: “Me sentia vigiada. Como se ninguém confiasse em mim”

Saiba quais são as maiores dificuldades que você pode passar no pós-parto