Mãe divide opiniões na internet ao reclamar que homens entram com as filhas em vestiários femininos da escola

A mulher recorreu ao portal britânico MumsNet para contar que esta situação está deixando ela e uma série de outras mães desconfortável. Nos comentários, porém, as opiniões dos internautas se dividiram

Resumo da Notícia

  • Uma mulher reclamou de homens entrando no vestiário feminino com as filhas após as aulas de natação
  • Ao portal britânico Mumsnet, ela desabafou sobre o ocorrido
  • A situação dividiu a opinião dos internautas

Uma mulher recorreu ao portal britânico MumsNet para falar sobre situação desconfortável que está vivendo na escola da filha. Isso porque, lá, ela admitiu que a situação é bastante delicada já que homens estão entrando no vestiário feminino após aula de natação.

-Publicidade-

Segundo ela, essa é uma medida que implica diretamente na segurança infantil. Além disso, quando os homens em questão foram questionados, disseram que não querem deixar que as filhas se troquem sozinhas e que, definitivamente, não as levariam no vestiário masculino.

“Estou sendo implicante ou minha argumentação realmente faz sentido?”, questionou a autora da publicação. “A minha filha está cada vez mais incomodada com a quantidade de homens no vestiário feminino. Todas as semanas há pelo menos um ou dois homens que insistem em trazer suas filhas (todas com menos de 7 anos) para o lado feminino para se trocarem antes e depois das aulas. É apenas um espaço aberto, sem cubículos ou espaços individuais, e minha filha, de nove anos, está ficando cada vez mais ansiosa por ter que se trocar na frente desses homens adultos”.

A mãe ainda esclarece, “Não há adultos nus, apenas crianças se trocando. Alguns são bem jovens”. Sobre isso, os internautas opinaram na publicação.

A mulher contou que a filha se sente incomodada em se trocar na frente de homens adultos
A mulher contou que a filha se sente incomodada em se trocar na frente de homens adultos (Foto: Getty Images)

“Estou surpreso por você ter aturado isso uma vez. Eles precisam sair imediatamente e (dependendo de seu comportamento) eu consideraria seriamente denunciá-los à polícia”, escreveu uma pessoa, em solidariedade à mãe. “Nada aceitável, e evidencia o fato de que os homens muitas vezes não entendem o efeito de suas ações quando se trata de mulheres e meninas. Talvez um e-mail para a gerência seja o melhor caminho, então você terá evidências do que eles dizem. Vai ser mais difícil para eles enganarem você”, sugeriu um outro usuário.

Alguns, porém, entenderam a problemática dos pais em questão. “Se a criança não consegue se vestir sozinha, deve ir ao vestiário dos pais com quem está … neste exemplo, os homens. Mas realmente deveria haver vestiários familiares”. Outra ainda relembrou, “O que você quer dizer é que sua filha está chateada porque há homens adultos no vestiário com ela, mas se o pai leva a filha para o banheiro masculino, ela está se trocando na frente de homens adultos e meninos adolescentes. Nenhuma solução fácil para isso quando a criança é muito pequena para se mudar e os vestiários são comunitários”.