Mãe é chamada de pedófila após amamentar filho de 3 anos em público

Sarah Mills desabafou depois de ser julgada nas redes sociais ao publicar uma foto alimentando o filho Morrison no corredor de uma loja de roupas

Resumo da Notícia

  • Sarah Mills, uma australiana de 33 anos, é mãe de 3 crianças: Hendrix, de 10 anos, Monroe, de 7 anos, e Morrison, de 3 anos
  • Ao fazer compras de volta às aulas com os filhos, o caçula começou a ter crises de ansiedade causada por fome
  • A filha do meio de Sarah tirou uma foto da mãe amamentando seu irmão caçula
  • Ao publicar a foto, Sarah foi muito julgada nas redes sociais por amamentar uma criança com mais de 1 ano
Sarah Mills foi muito julgada após amamentar Morrison, de 3 anos (Foto: Reprodução / The Sun / Caters New Agency)

A mãe Sarah Mills, de 33 anos, foi muito julgada após publicar uma foto amamentando o filho de 3 anos no chão de uma loja. Na publicação, ela contou que Morrison estava com crises de ansiedade e que, além disso, a amamentação em público é tão normal quando dar comida ou remédios para o filho.

-Publicidade-

Enquanto fazia as compras de volta às aulas para os filhos, ela se sentou no chão em um corredor para alimentar o filho. A filha mais velha, Monroe, de 7 anos, tirou a foto da mãe. Ao publicar a foto em seu blog, os usuários deixaram muitos comentários julgando a mãe, Sarah foi chamada de doente, nojenta e até mesmo pedófila, porque o menino já estava muito velho para ser amamentado.

A foto foi tirada pela filha de Sarah, Monroe (Foto: Reprodução / The Sun / Caters New Agency)

Em resposta às críticas, ela escreveu: “Meus filhos são toda a minha existência. Eu daria a minha vida para garantir que eles estejam seguros e bem cuidados. Como nós nos tornamos atrasados em 2020. Pais podem dar remédios, podem automedicar os filhos, podem dar refrigerantes açucarados… Mas quando uma mãe amamenta seu filho em público é um abuso?”, disse.

-Publicidade-

Sarah, que também é mãe de Hendrix, de 10 anos, criticou as pessoas que a chamaram de pedófila e abusadora de crianças por amamentar uma criança com mais de 1 ano de idade. “Que doença e perturbação atacar uma mulher por fazer a coisa mais altruísta e natural do mundo! É claro que eu experimentei algumas sugestões da internet sobre como amamentar meu filho, como dar uma mamadeira. Não gostei, por isso continuarei amamentando em qualquer lugar que ele quiser e que eu escolher”, desabafou.

“Continuarei amamentando em qualquer lugar que ele quiser e que eu escolher”, declarou Sarah (Foto: Reprodução / The Sun / Caters New Agency)

Sarah também criticou as mães que a julgaram na publicação. “Como podemos exigir respeito dos homens quando nem sequer conseguimos respeitar umas as outras? Não podemos reivindicar o poder feminino apenas para coisas que se alinham com nossas opiniões”, afirmou.

A mãe finalizou o relato dizendo que Morrison tem uma condição rara que faz com que ele se engasgue com comida facilmente, então ela fica muito feliz por poder amamentá-lo e mantê-lo nutrido. “Muita desnutrição e doenças crônicas poderiam ser controladas e melhoradas com a amamentação prolongada“, explica.

“Meus filhos são toda a minha existência. Eu daria a minha vida para garantir que eles estejam seguros e bem cuidados”, declarou (Foto: Reprodução / The Sun / Caters New Agency)

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-