Mãe e dois filhos são libertados de cárcere privado após 17 anos; veja fotos

O suspeito de manter os três amarrados é o pai dos filhos da mulher

Resumo da Notícia

  • Nesta quinta-feira, a Polícia Militar libertou uma mulher e dois jovens que estavam sendo mantidos em cárcere privado há 17 anos
  • O suspeito de manter os três amarrados é o pai dos jovens
  • O casal de filhos são um rapaz, de 19 anos, e uma jovem, de 22 anos
   

Nesta quinta-feira, a Polícia Militar libertou uma mulher e dois jovens que estavam sendo mantidos em cárcere privado há 17 anos. O suspeito de manter os três amarrados é o pai dos filhos da mulher.

-Publicidade-

Após uma denúncia anônima, os policiais encontraram a família em uma casa em Guaratiba, Zona Oeste do Rio. As vítimas estavam amarradas, sujas e subnutridas, por isso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)  foi acionado para ir ao local. Segundo a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Campo Grande, o autor foi apontado em flagrante pelos crimes de tortura, cárcere privado e maus-tratos.

As vítimas estavam amarradas, sujas e subnutridas. (Foto: Reprodução / O Globo)

O casal de filhos, um rapaz de 19 anos, e uma jovem de 22 anos, estavam presos junto com sua mãe. A casa onde as vítimas estavam era precária, com pouca estrutura, sem pisos ou pintura. Os vizinhos falaram às autoridades que o pai dos dois costumava escutar música muito alto e ainda afirmava ser lanterneiro. O capitão William Oliveira, chefe do setor operacional do 27º BPM, que libertou a família informou sobre a situação: “A situação foge da realidade. Difícil de compreender. Recebemos uma denúncia anônima de que uma família estava sendo mantida em cárcere privado. Quando a guarnição entrou na casa, encontrou dois jovens amarrados pelos pés e sujos. Havia até fezes no local. Inicialmente, pensávamos que eram crianças, tal era o nível de desnutrição da moça e do rapaz”.

O casal de filhos, um rapaz de 19 anos, e uma jovem de 22 anos, estavam presos junto com sua mãe. (Foto: Reprodução / O Globo)

A mãe dos jovens também era mantida presa na casa pelo marido, que afirmou não ter feito nada de errado. “Ele nos disse que os filhos eram doentes mentais e precisavam estar presos. Quando conversamos com a senhora, ela nos disse que ela e os filhos não saiam de casa há 17 anos. Provavelmente, eles viviam sendo agredidos, mas isso será a Polícia Civil quem irá constatar. O ambiente da casa é um horror. Um imóvel simples, quase sem móveis, sujo e com mau cheiro. A gente que já pensa que viu de tudo nessa vida, nunca imagina que haja algo tão assustador!”, informou William ao jornal O Globo.

A família foi levada ao Hospital Municipal Rocha Faria, com quadro de desidratação e desnutrição grave, enquanto a casa continua sob perícia da polícia. Já o pai dos jovens foi preso e levado para a 43ª DP, em Guaratiba.

A família foi levada ao hospital com quadro de desidratação e desnutrição grave. (Foto: Reprodução / O Globo)

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.