Mãe é expulsa de avião após filha de 2 anos não usar máscara: “Humilhação”

Influencer, Eliz Orban aparece chorando ao contar que ela e o marido foram expulsos de um voo da companhia aérea United Airlines

Resumo da Notícia

  • A a influenciadora, Eliz Orban aparece chorando ao contar que ela e o marido foram expulsos de um voo da companhia aérea United Airlines
  • O motivo seria que a filha de dois anos do casal, Edeline, recusou-se a colocar máscara de proteção contra a covid-19
  • Confira o vídeo

Nesta sexta-feira, 11 de dezembro, um vídeo de desabafo de uma mãe se tornou viral. Nas imagens a influenciadora, Eliz Orban aparece chorando ao contar que ela e o marido foram expulsos de um voo da companhia aérea United Airlines após a filha de dois anos do casal, Edeline, recusou-se a colocar máscara de proteção contra a covid-19.

-Publicidade-
(Foto: Reprodução / Twitter)

A família — que viajava da cidade de Denver para Newark, nos EUA — comentou que as bagagens, incluindo a cadeira para automóvel da criança, não foram devolvidas e seguiram ao destino final mesmo sem os donos. “Isso aconteceu há 7 horas e ainda estou sentada aqui, confusa, descrente, sentindo nojo e humilhação”, disse.

A influencer deu mais detalhes sobre o caso nas redes sociais. “Uma tradição que temos é ir ver a árvore Rockefeller todos os anos. É uma tradição que também queríamos que nossa filha de 2 anos experimentasse. Ficamos muito animados com essa viagem de fim de semana para Jersey / NYC. Somos membros de prata premier da @united, por isso sempre voamos com eles. Na verdade, já tínhamos que voado com Edeline quatro vezes desde uma pandemia, sem nunca ter tido um problema. Hoje, foram retiradas a deixar o avião porque nossa filha de 2 anos não quis ‘obedecer’ e ficar com a máscara “, explicou ela em suas redes sociais.

Apesar dos funcionários pedirem a saída do casal, no vídeo publicado por Eliz no Twitter é possível ver o marido dela tentando colocar a máscara na filha, que põe as mãos no rosto para não coloca-la. Em seguida, um funcionário da companhia chega e informa que eles vão ter que “pegar os seus pertences e sair da aeronave”.

Então, o marido de Eliz diz se o funcionário “está brincando”, questiona por que eles vão ter que retirar-se do local e se a empresa pede para clientes saírem dos aviões frequentemente. O funcionário pede desculpas, mas explica que o pedido segue a conduta da companhia.

No final da gravação, Eliz fala que os funcionários da companhia “não podem” forçar a filha a usar o equipamento de proteção e que a menina estava chorando. Depois é possível ver a menina e a mãe saindo do avião.  Liz disse que a filha fará 3 anos somente em abril de 2021.

“E o que me surpreende ainda mais é que a OMS não recomenda o uso de máscaras faciais para menores de 5 anos. Esta decisão foi ‘baseada na opinião de especialistas sobre marcos de desenvolvimento da infância, desafios com a conformidade com a máscara e a autonomia necessária para usar uma máscara comum ‘”, complementou.

Após ser expulsa do avião, a influencer ainda diz que bagagem foi enviada para Nova York e que ela está proibida de voar pela United nos próximos dias.

Resposta da empresa

Segundo o DailyMail, ao serem procurados a empresa informou que presa pela saúde dos passageiros.  “A saúde e a segurança de nossos funcionários e clientes é nossa maior prioridade, e é por isso que temos um conjunto de políticas, incluindo uma obrigatoriedade de que todos um bordo de dois anos ou mais usem uma máscara”, disse a United Airlines ao Washington Examinador.

E completou: “Esses procedimentos não são apenas respaldados pela orientação do CDC e de nossos parceiros na Cleveland Clinic, mas também são consistentes em todas as grandes companhias aéreas”, completou. “Estamos investigando este incidente específico e entramos em contato com a família. Nós também reembolsamos suas passagens, devolvemos sua cadeirinha e estamos no processo de devolução de suas malas”, finalizou.

Confira o vídeo abaixo: