Mãe e filha morrem após baterem moto durante perseguição em vídeo chocante

A mulher e a filha estavam perseguindo um assaltante que havia roubado a bolsa de uma delas, nas imagens é possível perceber que as duas morreram após baterem em um poste

Resumo da Notícia

  • Uma mãe e a filha estavam perseguindo um assaltante que havia roubado a bolsa de uma delas
  • As duas colidiram com a moto em um poste e não sobreviveram
  • O caso aconteceu na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, na última sexta-feira

Uma mulher de 58 anos e a filha morreram na última sexta-feira após baterem com a moto em um poste, enquanto perseguiam um assaltante. O homem havia roubado a bolsa de uma delas, e as duas seguiram em direção dele com a moto, porém após baterem em um poste, as duas não resistiram.

-Publicidade-

O caso aconteceu na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Segundo a polícia, o criminoso, que também estava em uma motocicleta, havia roubado a bolsa de uma delas e as duas tentavam reaver os pertences. A situação aconteceu por volta das 9h30, na Rua José Tavares Carneiro. Câmeras de segurança instaladas na região registraram a perseguição e a batida. As imagens são impressionantes.

A mãe e a filha bateram com a moto no poste
A mãe e a filha bateram com a moto no poste (Foto: Reprodução/Twitter)

No vídeo, dá para ver que a motocicleta onde as vítimas estavam corria no momento do acidente. Pouco antes de bater no poste, as duas parecem se desequilibrar. Após bater no poste, as mulheres foram lançadas no chão. Segundo a polícia, as vítimas morreram na batida. O criminoso fugiu.

Uma das vítimas foi identificada como Lenice Queiroz Borges, de 58 anos. A outra, que teve os pertences levados pelo criminoso, não estava com documentos. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Feira de Santana. Não há informações sobre velório e sepultamento das vítimas.

A situação será investigada pela 2ª Delegacia Territorial (DT) de Feira de Santana, onde o caso foi registrado. Os vídeos das câmeras de segurança serão usadas nas apurações.