Mãe e filha sofrem acidente com churrasqueira a gás e relato serve de alerta para as famílias

O caso aconteceu na Austrália e Kate e Eva ainda estão passando por cirurgias e tratamentos a laser para reduzir os danos das queimaduras

Resumo da Notícia

  • A explosão aconteceu por causa de um queimador de etanol
  • Elas foram levadas às pressas para o hospital
  • Mãe e filha estão passando por tratamentos à laser para os danos
  • Kate fez um relato do acidente
Ela ficou desesperada com o momento (Foto: reprodução / Vídeo Mirror)

Kate Collins, de 40 anos, e a filha, Eva, de cinco, sofreram queimaduras graves após a churrasqueira a gás explodir e elas ficarem em chamas. A mãe e a menina estavam na casa de uma amiga, que passou com um queimador de etanol próximo ao fogo, causando o acidente.

-Publicidade-

As duas foram levadas às pressas para o hospital e Eva teve 20% de queimaduras no corpo, além do rosto, incluindo abdômen, peito e braço esquerdo. Já Kate, ficou com as pernas, mãos e rosto machucados, tendo que estar internada por 22 dias, enquanto a filha esteve no Hospital Infantil de Perth por 33 dias.

A menina teve 20% do corpo queimado (Foto: reprodução / Vídeo Mirror)

A mãe recordou ainda que não viu a filha por 11 dias após o acidente. “A recuperação foi intensa, longa e dolorosa, tanto física quanto mentalmente”, lembrou ao The Sun. Para aliviar os danos, ambas estão passando por cirurgias à laser: “Após várias cirurgias de enxerto, agora estamos fazendo cirurgias a laser para aprovar a aparência e a função de nossas cicatrizes”.

-Publicidade-

Como alerta, Kate pede para que não usem a churrasqueira à gás, pois na Austrália, por exemplo, elas já são proibidas. “Se pudermos impedir que apenas mais uma família experimente o pesadelo que passamos, terá valido a pena”, concluiu.

-Publicidade-