Família

Mãe e filho são diagnosticados com câncer com 5 meses de diferença e história emociona

Vici e George enfrentaram essa luta juntos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

mãe e família câncer

Família Rigby (Foto: Reprodução Vici Rigby)

Quando a mãe Vici Rigby recebeu a notícia de que estava com câncer no cólon e no reto estágio IV (o mais perigoso e avançado), achou que não tinha como sua situação ficar pior. Vici mora em Bromsgrove, Worcestershire, e começou o tratamento imediatamente. Ela descobriu que estava doente no final de 2016. Na época, seus filho Jack e George tinham 14 meses e 3 ano, respectivamente. Cinco meses depois, seu filho foi diagnosticado com leucemia linfoide aguda.

Vici disse que não sentia muitos sintomas. Estava emagrecendo, mas pensou ser por conta da atividade física que fazia; sangrava quando ia ao banheiro, mas achou normal devido ao stress que passava com dois filhos pequenos. Só quando os sintomas estavam muito evoluídos ela decidiu ver um médico. Ela, com 39 anos, fez vários exames e testes até que chegassem ao resultado: câncer no reto, algo raro entre pessoas com menos de 60 anos.

vici rigby durante tratamento

Vici Rigby durante tratamento (Foto: Reprodução Vici Rigby)

A mãe disse que decidiu, com seu marido, não usar a palavra “câncer” quando fossem falar com seus filhos. Vici faria seis rodadas de quimioterapia seguidos de cirurgia no fígado e nos intestinos, radioterapia e mais 12 rodadas de quimio. No ano seguinte, enquanto ela se recuperava de cirurgia no fígado, seu esposo começou a ficar preocupado com o filho mais velho deles. O menino tinha reclamado dizendo que não se sentia bem, e foi levado ao médico.

Depois de testes e exames, como biópsia da médula óssea, foi descoberta sua leucemia linfoide aguda. George começou com quimioterapia imediatamente. A mãe do menino só pensava “De novo não, de novo não” quando ouviu a notícia. Ele fez tratamento de quimio intensa por seis meses, e em alguns momentos estava no mesmo hospital que a mãe.

Vici disse que George foi muito corajoso durante todo o processo e que tem muito orgulho do filho. Agora ela já não tem mais nenhum sinal de doença. Seu filho continua em tratamento e pode entrar em remissão em 2020.

george rigby durante tratamento

George Rigby durante tratamento (Foto: Reprodução Vici Rigby)

Que família forte! Boa sorte a eles!

Leia também:

Disney faz campanha para ajudar a realizar sonhos de crianças doentes

O afeto faz toda a diferença na recuperação do bebê prematuro

Emocionante: filha e neta cantam para avô doente