Família

Mãe é presa após carregar as filhas dentro de uma piscina no teto do carro

Ela ainda deu a pior justificativa de todas

Nathalia Lopes

Nathalia Lopes ,Filha de Márcia e Toninho

Jennifer acabou sendo presa (Foto: Reprodução/Twitter @DixonPolice)

Jennifer Janus Yeager é mãe de duas meninas e pediu para que as duas a ajudassem a transportar uma piscina inflável sem que ela voasse. Mas a situação não acabou como o esperado. Ela foi parada pelé a polícia porque estava dirigindo com as garotas dentro da piscina, presa ao teto do carro.

Segundo a polícia de Dixon, em Illinois, Jennifer foi detida por colocar a vida das filhas em risco, afinal as crianças estavam soltas dentro do brinquedo. Ela até tentou se justificar, mas não resolveu muito, ela acabou sendo presa em flagrante.

O relatório feito pelos policiais explica que a mãe decidiu levar a piscina de plástico sem murcha-la. Na tentativa de evitar que ela saísse voando do Audi Q5 em movimento, decidiu colocar as meninas, que não foram identificadas, como um ‘peso’.

A polícia de Dixon precisou agir (Foto: Reprodução/Twitter @DixonPolice)

A prisão

Uma pessoa, um pouco mais ajuizada, assistiu àquilo tudo e resolveu avisar a polícia. Ela responderá judicialmente em dois delitos: pôr em risco a vida das filhas e, claro, por  de direção imprudente.

Jennifer, ainda segundo o relatório da polícia, acabou sendo enquadrada no artigo de transporte inadequado de passageiros de 8 a 16 anos. A ‘mãetorista’ pagou fiança e foi liberada. A gente agradece que tudo acabou bem com as meninas e torce para que isso não se repita.

E quando é a criança o motorista? 

Sebastian apenas queria comer um pouco de chocolate (Foto: Reprodução/Fox)

Sebastian, um menino de quatro anos, surpreendeu todo mundo, inclusive a polícia, ao dirigir o carro do bisavô até uma loja de doces. O garoto queria muito comer um doce específico e como ninguém queria levá-lo ao posto de gasolina,  ele resolveu pegar o carro e ir sozinho.

A Fox conversou com a família do menino e descobriu que a criança usou um andador e um gancho para alcançar as chaves. O menino foi pego porque as testemunhas estranharam o fato de uma SUV estar andando a quinze quilômetros por hora e destruindo todas as caixas de correspondências que tinham pelo caminho.

Sebastian dirigiu cerca de três de quilômetros até o posto de gasolina, lá tinha uma loja que vendia o doce tão desejado. Mas por conta das ligações, a polícia já estava esperando pela criança. Quando a polícia perguntou ao menino o motivo daquilo tudo, ele foi curto e grosso: “Fui para o posto de gasolina porque queria comprar doce”.

A família

O dono do carro disse que o neto é realmente muito esperto, mas que a situação é realmente preocupante. “O Sebastian vê tudo que os outros fazem e repete! Poderia ter sido algo muito sério, ele podia ter batido o carro, ele estava sem cinto e passou por uma rua muito movimentada em plena hora do rush, nós realmente poderíamos ter perdido ele”, desabafa.

“Várias emoções passaram por mim enquanto eu tentava entender o que havia acontecido”, contou Jenna, mãe do menino, em entrevista. Tudo isso aconteceu por volta das oito e meia da manhã e apesar do carro ter ficado sem a lateral direta, o menino está bem.

Alguns vizinhos ficaram sem caixa de correspondência, mas ninguém ficou ferido. A família foi avisada pelos policiais assim que eles chegaram ao posto, pararam e conversaram com o menino, que no fim das contas nem comprou o chocolate.

Pelo menos ninguém se machucou (Foto: Reprodução/Fox)

Leia também: 

Sempre alerta: estudo confirma que você não deve deixar seu filho dormir na cadeirinha do carro

Carro pega fogo com crianças dentro e mãe desabafa: “Tive que escolher qual filho salvar” 

Marido coloca cartaz sincero no carro depois da esposa realizar uma cesárea e bomba na web