Mãe faz desabafo após professor colocar filha em detenção online por não prestar atenção na aula

Há mais de um ano estamos vivendo praticamente sem sair de casam, e tentamos fazer as coisas ficarem mais próximas de como eram antes, mas tem algumas coisas que simplesmente não funcionam pelas telas

Resumo da Notícia

  • Há mais de um ano estamos vivendo praticamente sem sair de casa e a cada dia tentamos fazer as coisas ficarem mais próximas da realidade
  • Mas tem algumas coisas que simplesmente não funcionam pelas telas
  • Recentemente uma mãe viralizou ao contar história e frustração no Twitter sobre o professor ter deixado a filho dela, da 4ª série, de detenção online

Há mais de um ano estamos vivendo praticamente sem sair de casa e a cada dia tentamos fazer as coisas ficarem mais próximas da realidade, principalmente com as aulas online, para que as crianças não fiquem mal durante esse período de isolamento. Mas tem algumas coisas que simplesmente não funcionam pelas telas.

-Publicidade-

Se concentrar nas aulas remotas é uma tarefa muito difícil, principalmente para as crianças. No entanto, nem todos tem empatia pelas crianças que estão enfrentando dificuldades ao terem aula dentro de casa. Recentemente uma mãe viralizou ao contar história e frustração no Twitter sobre o professor ter deixado a filho dela, da 4ª série, de detenção online por não estar prestando atenção.

Uju Anja é uma professora de universidade, então melhor do que qualquer um ela sabe as dificuldades dos alunos e professores durante a pandemia de covid-19. No tweet ela escreveu: “Minha filha foi mandada para detenção via Zoom por não ter prestado atenção na aula online da 4ª série. O e-mail disse ‘aqui está o link para acessar a sala e fazer a detenção’. Eu estou tentando muito levar isso a sério”.

A mulher desabafou sobre detenção online que os professores deram para a filha (Foto: Getty Images)

Depois ela deu mais detalhes sobre a situação também na rede social. Ela disse que antes da detenção ela recebeu uma série de avisos no e-mail sobre a filha não prestar atenção nas aulas, não terminar as tarefas, sair do Zoom durante a classe e jogar jogos de computador em horário inapropriado. Por serem atos recorrentes alguns internautas viram sentido na maneira que a escola lidou com a situação.

No entanto, Uju continua defendendo a menina, apontando que todos estamos tendo dificuldades durante esse período, então o que esperamos de uma aluna da 4ª série. Apesar de tudo ela entende como o professor deve se sentir, colocar esforço nas aulas para ensinar crianças que não se concentram. Ainda assim ela acha que detenção via Zoom é ridículo.

Durante a pandemia temos descoberto muito sobre a psicologia humana, principalmente a fadiga de Zoom, também chamada de fadiga virtual. Não é um diagnóstico médico, mas é real, e inclusive se liga com a tristeza, preocupação e a Síndrome de Burnout. Então punir uma criança que não consegue focar na aula online com mais tempo de tela não parece algo lógico.