Mãe faz transmissão ao vivo do parto após médicos confundirem contrações com dor de estômago

Ela foi até o hospital após perceber as dores e recebeu alta logo em seguida. Ao chegar em casa, acabou dando à luz na sala, algumas horas depois

Resumo da Notícia

  • Mãe faz live do parto no Facebook
  • Ela deu à luz em casa após médicos confundirem contrações com vírus estomacal
  • Veja o que aconteceu

Natosha Kramer, de 32 anos, de Ohio, Estados Unidos, foi para o hospital depois que sentiu as contrações começando, ao chegar lá, ela foi diagnosticada com um vírus estomacal e os médicos a mandaram de volta para casa. De acordo com o que ela disse, os médicos fizeram um ultrassom na barriga dela e até viram o bebê no canal de parto, mas presumiram que ela não estava pronta para dar à luz.

-Publicidade-
Ela mostrou tudo em uma live no Facebook (Foto: reprodução Facebook)

Algumas horas depois disso, porém, Natosha deu à luz Nola, sem nenhuma ajuda de médicos.  Felizmente, Natosha, que mora sozinha, estava com os pais em casa, que acabaram a ajudando no parto, apesar de nenhum dos dois terem experiências médicas. “Não sabia que estava em trabalho de parto porque disseram que eu tinha um vírus estomacal. Eu não pensei que estava dando à luz. Nem quando a cabeça dela estava em minhas mãos entre minhas pernas minha ficha caiu. Eu estava tendo minha primeira filha, não sabia de nada”, contou ela, como apontado pelo jornal britânico Daily Mail.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.

-Publicidade-
Hoje as duas estão bem (foto: reprodução Facebook / Daily Mail)

Enquanto tudo estava acontecendo, a mãe teve a ideia de abrir uma transmissão no Facebook, porque queria ter um registro do momento.  “Eu queria a memória do nascimento independentemente de ter sido em um hospital ou em minha casa. Minha mãe pegou Nola enquanto eu estava lá”. No vídeo, Natosha aparece atordoada enquanto o pai entra em contato com a emergência, pedindo ajuda para seguir o parto em casa.

Nas imagens, ele aparece falando no telefone e dizendo que a filha estava “pirando” e perguntando aos atendentes o que fazer com o cordão umbilical. “O 911 no telefone aconselhou meu pai a encontrar um cordão para o cordão umbilical, então, em pânico, ele tentou tirar os cordões do sapato, mas felizmente os paramédicos chegaram neste momento”, contou ela.

O parto correu bem, mas como Natosha não deu à luz no hospital, não conseguiu receber a certidão de nascimento de Nola e não pode obter a assistência governamental de  que necessita. Um porta-voz do Atrium Medical Center disse ao portal Daily Mail que não vão se pronunciar sobre o caso porque as as leis de privacidade federais e de Ohio os proíbem de discutir e divulgar informações de pacientes.  Eles também disseram que, de acordo com a política do hospital, as mães que dão à luz fora do hospital devem obter uma certidão de nascimento através do departamento de saúde local.

Apesar de todos os contratempos, o bebê está bem e saudável. “Ela está perfeitamente saudável”, contou a mãe. “Ela é avançada. Ela tem dentição desde os dois meses de idade. Ela está engatinhando e adora jazz”, completou.

Seminário Internacional Pais&Filhos

O 10º Seminário Internacional Pais&Filhos – Quem Ama Cria está chegando! Ele vai acontecer no dia 1 de dezembro, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar do sorteio e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!